Outeiro Seco - AQI...

Tempo Outeiro Seco
Segunda-feira, 31 de Dezembro de 2012

Vamos até Chaves - Castelo

 

 

 

 

 

Publicado por Humberto Ferreira às 00:05

Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Domingo, 30 de Dezembro de 2012

Achados - Casula gótica

 

Voltando à colecção de objectos litúrgicos, hoje deixo-vos as fotografias da frente e costas de mais uma casula gótica. É muito simples, ainda se encontra em bom estado de conservação, mas já não tem qualquer acessório adicional do conjunto.

 

Fica uma ligação para os mais interessados:

http://pt.wikipedia.org/wiki/Casula

 

Casula gótica - Frente

 

 

Casula gótica - Costas

 

 

Publicado por Humberto Ferreira às 00:05

Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Sábado, 29 de Dezembro de 2012

Esfera - Insectos

 

 

 

Publicado por Humberto Ferreira às 00:05

Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Legislação de Interesse

 

Classificação de Bens Imóveis de Interesse Cultural

Decreto-Lei 265/2012 28/12/2012

Procede à segunda alteração ao Decreto-Lei n.º 309/2009, de 23 de outubro, que estabelece o procedimento de classificação dos bens imóveis de interesse cultural, bem como o regime das zonas de proteção e do plano de pormenor de salvaguarda

 

Imposto Municipal sobre os Imóveis

Portaria 424/2012 28/12/2012

Fixa em (euro) 482,40 o valor médio de construção por metro quadrado, para efeitos do artigo 39.º do Código do Imposto Municipal sobre os Imóveis, a vigorar no ano de 2013

 

Taxas Incidentes sobre os Vinhos e Produtos Vínicos

Portaria 426/2012 28/12/2012

Regulamenta o Decreto-Lei n.º 94/2012, de 20 de abril, que revê o regime das taxas incidentes sobre os vinhos e produtos vínicos

 

Publicado por Humberto Ferreira às 00:01

Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Sexta-feira, 28 de Dezembro de 2012

Igreja de Nossa Senhora da Azinheira

 

 

 

Publicado por Humberto Ferreira às 00:05

Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Quinta-feira, 27 de Dezembro de 2012

Expressões

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Publicado por Humberto Ferreira às 00:05

Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Quarta-feira, 26 de Dezembro de 2012

Forno

 

 

 

 

 

Publicado por Humberto Ferreira às 00:05

Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Terça-feira, 25 de Dezembro de 2012

Natividade - Santinhos

 

Para ilustrar o data de hoje, recorremos à colecção de imagens de santinhos do nosso amigo. Com excepção da última que foi produzida em Itália, as restantes foram impressas em Espanha. Nenhuma delas está datada.

 

As duas primeiras, não têm as figuras do burro e da vaca, mas estas estão presentes nas duas últimas, que ainda se fazem acompanhar por um cordeiro que deve ter sido esquecido ou oferecido por algum pastor. Pessoalmente, acho que se devem manter.

 

Um Feliz Natal para todos.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Publicado por Humberto Ferreira às 00:05

Link do post | Comentar | Ver comentários (2) | Adicionar aos favoritos
Segunda-feira, 24 de Dezembro de 2012

Contributos - Sr. João Jacinto - "Um menino exposto"

 
 

UM MENINO EXPOSTO HÁ CENTO E TAL ANOS EM OUTEIRO SECO

 
“Fez este ano 139 anos que apareceu um menino exposto à porta de José Neves, Regedor da Freguesia e morador por cima da Igreja Matriz da Freguesia de São Miguel de Outeiro Seco (Eiró), do concelho de Chaves.

 

 

 

O seu assento de baptismo muito bem elaborado pelo reverendo vigário José Rodrigues Liberal Sampaio. Consiste numa preciosidade que testemunha contudo o intenso drama das crianças, abandonadas à porta das casas, ou colocadas na roda.

 

O bilhete, que acompanhava o neófito, revela uma preocupação sentida sobre o destino da criança, a quem impunha desde logo a obrigatoriedade do nome, Elias de Jesus.

 

Acompanhava-o um pequeno enxoval que agasalhava o débil corpinho do infante, o que deixava antever alguma diferenciação social, aliás, bem expresso até na ideia de recuperá-lo mais tarde, quando resolvido o problema da exposição, pois o bilhete recomendava que:

 

- "Este menino quero que lhe ponham o nome de Elias de Jesus, sinal que leva é um sabonete de oiro. Espero que cumpram tudo isto porque brevemente será procurado pelos seus pais".

 

Talvez fruto duma concepção pré-nupcial na expectativa de um casamento próximo.

 

 

 

O Assento de baptismo foi muito criteriosamente elaborado, cumprindo todas as formas eclesiásticas da época, limitando-se a registar o sucedido, pois o abandono de crianças era prática muito comum nessa época a par do fenómeno da ilegitimidade, o que traduz um certo modelo de comportamento social para a época.

 

O assento em causa reza assim:

 

Aos vinte e cinco dias do mês de Julho, da era de mil oito centos e setenta e três, foi encontrado à porta de José Neves, regedor, que declarou ter sido acordado às dez horas da noite de vinte e quatro do mesmo mês pelo som de três fortes pancadas na sua porta e haver encontrado a creança com um sabonete de oiro preso por um cordão de seda preta que lhe pendia do pescoço e um bilhete que rezava assim:

 

- "Este menino quero que lhe ponham o nome de Elias de Jesus, sinal que leva é um sabonete de oiro. Espero que cumpram tudo isto porque brevemente será procurado pelos seus pais."

 

Foto do Dr. José Rodrigues Liberal Sampaio

Propriedade: Luís Montalvão - Blogue "Velharias"

 

E no dia vinte e cinco do mesmo mez e anno acima ditto o baptizei solenemente de baixo de condição na Pia Baptismal desta igreja matriz de São Miguel de Outeiro Secco, eu padre José Rodrigues Liberal Sampaio Vigario della pus-lhe o nome de Elias de Jesus, pus-lhe os Santos Óleos, e fiz todas as cerimónias que manda o ritual da Santa Igreja Romana.

 

Foi padrinho o reverendo baptizante, a madrinha se invocou a Senhora da Azinheira, com cujo coração foi tomado por António Rodrigues Sampaio, viúvo e residente nesta freguesia. Padrinhos do baptizado pela madrinha António Rodrigues Sampaio. Padre José Rodrigues Liberal Sampaio.”


João Jacinto

 

Publicado por Humberto Ferreira às 00:05

Link do post | Comentar | Ver comentários (2) | Adicionar aos favoritos
Domingo, 23 de Dezembro de 2012

Feliz Natal para todos

 

Dizem que na noite de dia 24 para 25, o diabo faz desaparecer os morogos...

 

Publicado por Humberto Ferreira às 00:05

Link do post | Comentar | Ver comentários (4) | Adicionar aos favoritos
Sábado, 22 de Dezembro de 2012

Uma pêga

 

 

 

Publicado por Humberto Ferreira às 00:05

Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Legislação de Interesse

 

IRS - Declaração Modelo 3 e Anexos

Portaria 421/2012 21/12/2012

Aprova os novos modelos de impressos a que se refere o n.º 1 do artigo 57.º do Código do IRS

 

Publicado por Humberto Ferreira às 00:01

Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Sexta-feira, 21 de Dezembro de 2012

Solar dos Montalvões - Fachada norte

 

 

 

 

 

Publicado por Humberto Ferreira às 00:05

Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Quinta-feira, 20 de Dezembro de 2012

Fotos do Tiago - Os potes ao lume

 

 

 

 

 

Publicado por Humberto Ferreira às 00:05

Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Quarta-feira, 19 de Dezembro de 2012

Contributos - Sr. João Jacinto - "Casamento"

 
 

Outeiro Seco também tinha antigamente muitas coisas lindas, como esta no ano de 1961 estávamos no mês de Santa Marinha;

 

 

“CASAMENTO

Na Igreja Românica de Nossa Senhora da Azinheira, em Outeiro Sêco realizou-se o enlace matrimonial da menina Justina Afonso dos Santos, prendada filha da Sr. D. Maria da Conceição Santos, e do Sr. Francisco Afonso, proprietários, com o Sr. Norberto Rodrigues Afonso, aspirante de finanças no Concelho de Montalegre, filho do Sr. D. Arminda Ferreira Afonso, e do Sr. Eurico Rodrigues Afonso, proprietário.

 

(*)

 

Paraninfaram o acto por parte dos noivos o Sr. Dr. José Maria Ferreira Montalvão e sua esposa Sr. D. Ana da Conceição Alves, grandes proprietários e capitalistas deste Concelho.

 

(*)

 

Foi oficialmente o Reverendo Padre João Gualberto Sanches pároco da freguesia, que enalteceu e elogiou os noivos e seus familiares. Em casa dos pais da noiva foi oferecido um fino copo de água a mais de 30 convidados que brindaram por várias vezes. Tendo o novo casal seguido a caminho do sul do país em viagem de núpcias.

 

Ao novel casal desejamos felicidades. E esta hem!!!!!!!”

 

João Jacinto

 

(*) Nota: As duas lindíssimas fotografias que servem para ilustrar este texto, foram gentilmente cedidas para o efeito pelo nosso amigo Vitor Afonso, ao qual agradeço. 

 

Publicado por Humberto Ferreira às 00:05

Link do post | Comentar | Ver comentários (4) | Adicionar aos favoritos
Terça-feira, 18 de Dezembro de 2012

Matanças

 

Estamos em época das tradicionais matanças. O fim de semana passado não foi dos melhores, porque choveu, mas as famílias gostam de deixar tudo pronto e limpo antes das festas natalícias.

 

Nos tempos que correm, já poucas são as matanças e ainda menos os que sabem fazê-las. Porque matar, quase qualquer um os mata. O problema, para quem tem menos prática nestas andanças, é abrí-los (limpá-los) e no dia posterior desfazê-los.

 

Hoje, vamos deixar de parte o espetar da faca, os guinchos, o sangue a espirrar, os "carvalhos" proferidos pelos agarradores que deixam escapar uma pata, o queimar e o lavar e, vamos directamente "abancar" para comer o sangue.

 

Habitualmente, a "mesa" é posta em cima de um dos porcos acabado de lavar.

 

 

 

É então servido o sangue cozido e escorrido, condimentado com alho e malagueta (para quem gostar) e, regado com bastante azeite. Ao lado está o pão centeio, o vinho (já do novo) e pasteis de Chaves para quem não gostar do sangue.

 

 

 

Tal como dizam os nossos antepassados, que "quem vê um porco, vê um político", também diziam "que do porco, tudo se aproveita, menos os cornipos". Por isso os matões tinham de saber, abrí-los (sem rebentar nada) e, esmiuçá-los ou retalhá-los, separando cada uma das partes pelas bacias (antes alguidares), consoante a finalidade a que se destinasse.

 

 

 

Na fotografia anterior, vemos o meu pai a retirar o unto que está agarado na parte interior das bandas. Hoje, já não se faz o unto, mas antigamente, normalmente era feito um com sal, que servia para a culinária (por exemplo, o caldo de unto) e outro sem sal, usado para ensebar tudo o que fosse de cabedal e assim protegê-los da humidade no inverno e das gretas provocadas pela ressequidão do estio do verão. Assim, ensebavam-se as botas e todos os arreios no nosso caso dos cavalos/éguas, mas anteriormente dos bois/vacas. Quanto o unto sem sal acabasse, era também utilizada a gordura dos cordeiros com a mesma finalidade. Nos cordeiros a gordura (sebo) que se utilizava era a que estava em volta dos rins e do estômago.

 

Depois, cabia as mulheres separar as tripas do redanho (redranho, na nossa terra e, que serve para fazer rojões ou rijões, como se diz por cá) e aproveitar aquelas que irão servir para o fumeiro.

 

 

 

No final, com o trabalho feito, fica uma foto do matão e dos agarradores.

 

 

 

Publicado por Humberto Ferreira às 00:05

Link do post | Comentar | Ver comentários (2) | Adicionar aos favoritos

Legislação de Interesse

 

IRS - Declaração Modelo 13

Portaria 415/2012 17/12/2012

Aprova as instruções de preenchimento da declaração modelo 13 - «Valores mobiliários, warrants autónomos e instrumentos financeiros derivados»

 

IRS - Declaração Modelo 37

Portaria 413/2012 17/12/2012

Aprova as instruções de preenchimento da declaração modelo 37 - «Juros e Amortizações de Habitação Permanente Prémios de Seguros de Saúde, Vida e Acidentes Pessoais PPR, Fundos de Pensões e Regimes Complementares»

 

IRS - Declaração Modelo 39

Portaria 414/2012 17/12/2012

Aprova a declaração modelo 39 - «Rendimentos e Retenções a Taxas Liberatórias» e as respetivas instruções de preenchimento

 

IRS e IRC - Declaração Mdelo 42

Portaria 416/2012 17/12/2012

Aprova a declaração modelo 42 - «Subsídios ou Subvenções Não Reembolsáveis», e as respetivas instruções de preenchimento

 

Publicado por Humberto Ferreira às 00:01

Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Segunda-feira, 17 de Dezembro de 2012

Capela de Nossa Senhora da Portela

 

 

 

Publicado por Humberto Ferreira às 00:05

Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Domingo, 16 de Dezembro de 2012

A linha que nos separa - OE 2013 - Assembleia da República

 

Para os menos atentos, fica AQI um extracto do Orçamento de Estado para 2013, para verem a diferença de tratamento entre o cidadão comum e os políticos.

 

Como diz um amigo meu, tais são uns, como outros, desde a base da pirâmide ao topo. Todos prometem, nenhum cumpre, todos gostam de se tratar bem, ainda que tenham que espesinhar e desprezar o Povo ao qual deveriam pertencer.

 

Sofrem todos de amnésia diferenciada e selectiva profunda. Admira-me que consigam somar no final do mês todos os proveitos que vão arrecadando de uns e outros lados, tais são os afluentes que se lhes dirigem.

 

Se verificarem com atenção algum dos valores, poderão apreciar o rigor de cálculo de algumas rubricas. Valores "redondinhos" que vão encaixando aqui e ali em itens de duvidosa designação, mas aos quais recorreram para justificar gastos desnecessários e de justificação também duvidosa.

 

Quanto aos cortes que alguns de nós suportam quer nos salários, quer nas pensões, também poderão verificar que não são para todos. Os subsídios de férias e Natal continuam a estar devidamente inscritos para estes 230 sujeitos.

 

O total desta "brincadeira" ultrapassa os 140 milhões de euros ... orçamentados. Mas com o mesmo rigor sabemos que haverá "desvios" e não serão em sentido negativo.

 

Falta agora saber quanto vão custar efectivamente as tais "Comissões Intermunicipais", pelas quais todos se digladiam, tal deve ser o tacho que daí advém. Só não haverá sangue, porque os escolhidos conseguirão "qualquer coisa" para os restantes e, não será um osso duro.

 

Gostava que ao fim de um ano publicassem a diferença de gastos entre os extintos Governos Civis e estas novas Comissões. Seria um documento interessante.

 

Fica então o extracto do OE para estes "senhores":

 

Orçamento da Assembleia da República

Ano 2013

      

Pág.6626 Diário da República, 1.ª série N.º 222 16 de novembro de 2012

   

U.M. Euro

   

01. DESPESAS COM PESSOAL 42.174.204,00

   

01.01 Remunerações certas e permanentes 31.531.365,00

   

01.01.01 Titulares de órgãos de soberania: Deputados 9.803.094,00

   

01.01.01a Vencimentos ordinários de Deputados 9.048.644,00

   

01.01.01b Vencimentos Extraordinários de Deputados 754.450,00

   

01.01.03 Pessoal dos SAR e GAB- Vencimentos e Suplementos 11.116.950,00

   

01.01.05 Pessoal além dos Quadros - GP´s 6.127.139,00

   

01.01.05a Pessoal além dos Quadros - GP´s: Vencimentos 5.563.180,00

   

01.01.05b Pessoal além dos Quadros - GP´s: Sub.Férias e Natal     518.959,00

   

01.01.05c Pessoal além dos Quadros - GP´s:

   

Doença e Maternidade/Paternidade 21.500,00

   

01.01.05d Pessoal além dos Quadros - GP´s: Pessoal aguardando     aposentação 23.500,00

   

01.01.06 Pessoal contratado a termo 186.000,00

   

01.01.07 Pessoal em regime de tarefa ou avença 243.200,00

   

01.01.08 Pessoal aguardando aposentação (SAR) 76.300,00

   

01.01.09 Pessoal em qualquer outra situação 978.540,00

   

01.01.11 Representação (certa e permanente) 1.216.479,00

   

01.01.12 Subsídios, Suplementos e Prémios (certos e permanentes)     33.000,00

   

01.01.13 Subsídio de refeição 683.393,00

   

01.01.13a Subsídio de refeição (Pessoal dos SAR) 453.393,00

   

01.01.13b Subsídio de refeição (Pessoal dos GP´s) 3; 9 230.000,00

   

01.01.14 Subsídios de férias e de Natal (SAR) 1.017.270,00

   

01.01.15 Remunerações por doença e maternidade/paternidade (SAR) 50.000,00

   

01.02 Abonos Variáveis e Eventuais 4.195.074,00

   

01.02.02 Trabalhos em dias de descanso, feriados e horas extraordin.     470.000,00

   

01.02.02a Trabalhos em dias de descanso e feriados (SAR) 130.000,00

   

01.02.02b Horas extraordinárias (GP´s) 3; 340.000,00

   

01.02.03 Alimentação, alojamento e Transporte 155.000,00

   

01.02.03a Alimentação 87.000,00

   

01.02.03b Alojamento 33.000,00

   

01.02.03c Transportes 35.000,00

   

01.02.04 Ajudas de custo 3.060.412,00

   

01.02.04a Ajudas de custo: Funcionários SAR e GAB 143.234,00

   

01.02.04b Ajudas de custo: Outras 10.650,00

   

01.02.04c Ajudas de custo: Deputados 2.906.528,00

   

01.02.05 Abono para falhas 5.000,00

   

01.02.08 Subsídios e abonos de fixação, residência e alojamento     23.500,00

   

01.02.12 Subsídios de Reintegração e Indemnizações por cessação     418.342,00

   

01.02.12a Subsídio de reintegração (Deputados) 395.342,00

   

01.02.12b Indemnizações por cessação de funções 3.000,00

   

01.02.13 Outros suplementos e prémios 38.500,00

   

01.02.14 Outros abonos em numerário ou espécie 24.320,00

   

01.03 Segurança Social 6.447.765,00

   

01.03.01 Encargos com Saúde 486.650,00

   

01.03.01a Encargos com a saúde (SAR) 326.150,00

   

01.03.01b Encargos com a saúde (GP´s) 40.500,00

   

01.03.01c Encargos com a saúde (Deputados) 120.000,00

   

DESPESAS CORRENTES

   

01.03.02 Outros Encargos com Saúde 1.000,00

   

01.03.02a Outros encargos com a saúde (SAR) 1.000,00

   

01.03.03 Subsídio Familiar a crianças e jovens 35.575,00

   

01.03.03a Subsídio familiar a crianças e a joven s (SAR) 28.830,00

   

01.03.03b Subsídio familiar a crianças e a jovens (GP´s) 5.225,00

   

01.03.03c Subsídio familiar a crianças e a jovens (Deputados) 1.520,00

   

02.02.01a Encargos das instalações: Água 80.000,00

   

02.02.01b Encargos das instalações: Electricidade 638.000,00

   

02.02.01c Encargos das instalações: Gás (fornecimento) 65.000,00

   

02.02.02 Limpeza e higiene 780.000,00

   

02.02.03 Conservação de bens 658.010,00

   

02.02.04 Locação de edifícios 72.015,00

   

01.03.04 Outras prestações familiares e complementares     307.325,00

   

01.03.04a Outras prestações familiares e complementares (SAR)     211.100,00

   

01.03.04b Outras prestações familiares e complementares (GP´s)     81.500,00

   

01.03.04c Outras prestações familiares e complementares     (Deputados) 14.725,00

   

01.03.05 Contribuições para a Segurança Social 2.790.890,00

   

01.03.05a Contribuições para a segurança social (SAR) 379.120,00

   

01.03.05b Contribuições para a segurança social (GP´s) 1.116.000,00

   

01.03.05c Contribuições para a segurança social (Deputados)     1.295.770,00

   

01.03.06 Acidentes em serviço e doenças profissionais 219.530,00

   

01.03.06a Acidentes em serviço e doenças profissionais (SAR) 219.000,00

   

01.03.06b Acidentes em serviço e doenças profissionais (GP´s) 530,00

   

01.03.09 Seguros 58.450,00

   

01.03.09a Seguros (SAR) 500,00

   

01.03.09c Seguros (Deputados) 57.950,00

   

01.03.10 Outras despesas de segurança social - CGA 2.548.345,00

   

01.03.10a Outras despesas de segurança social - CGA (SAR)     1.719.745,00

   

01.03.10b Outras despesas de segurança social - CGA (GP´s)     200.000,00

   

01.03.10c Outras despesas de segurança social - CGA (Deputados)     628.600,00

   

02. Aquisição de Bens e Serviços 16.324.860,00

   

02.01 Aquisição de Bens 1.501.292,00

   

02.01.02 Combustíveis e lubrificantes 115.290,00

   

02.01.04 Limpeza e higiene 65.000,00

   

02.01.07 Vestuário e artigos pessoais 80.000,00

   

02.01.08 Material de Escritório 249.570,00

   

02.01.08a Material de escritório 63.030,00

   

02.01.08b Consumo de papel 51.540,00

   

02.01.08c Consumíveis de informática 135.000,00

   

02.01.09 Produtos químicos e farmacêuticos 9.000,00

   

02.01.11 Material de consumo clínico 4.000,00

   

02.01.13 Material de consumo hoteleiro 15.000,00

   

02.01.14 Outro material - peças 3.000,00

   

02.01.15 Prémios, condecorações e ofertas 81.710,00

   

02.01.16 Mercadorias para venda 293.250,00

   

02.01.17 Ferramentas e utensílios 2.000,00

   

02.01.18 Livros e documentação e outras fontes de informação 262.454,00

   

02.01.18a Livros e documentação 60.950,00

   

02.01.18b Outras fontes de informação 201.504,00

   

02.01.19 Artigos honoríficos e de decoração 36.618,00

   

02.01.21 Outros Bens e Consumíveis 284.400,00

   

02.01.21a Consumíveis de gravação audiovisual 36.000,00

   

02.01.21b Outros bens 248.400,00

   


    02.02 Aquisição de Serviços 14.823.568,00

   

02.02.01 Encargos das instalações 783.000,00

   

02.02.05 Locação de material de informática 1.000,00

   

02.02.06 Locação de material de transporte 228.000,00

   

02.02.08 Locação de outros bens 719.300,00

   

02.02.09 Comunicações 804.800,00

   

02.02.09a Comunicações - Acessos Internet 96.200,00

   

02.02.09b Comunicações fixas - Dados 30.000,00

   

02.02.09c Comunicações fixas -Voz 415.500,00

   

02.02.09d Comunicações Móveis 205.100,00

   

02.02.09e Comunicações - Outros serviços

   

(Consult./outsouc./etc) 12.000,00

   

02.02.09f Comunicações - Outros (CTT/Correspondência) 46.000,00

   

02.02.10 Transportes 3.588.892,00

   

02.02.10a Transportes: Deputados 3.317.379,00

   

02.02.10b Transportes: Outras situações 271.513,00

   

02.02.11 Representação dos serviços 178.160,00

   

02.02.12 Seguros 42.670,00

   

02.02.13 Deslocações e Estadas 1.401.996,00

   

02.02.13a Deslocações - viagens 850.364,00

   

02.02.13b Deslocações - Estadas 551.632,00

   

02.02.14 Estudos, pareceres, projectos e consultadoria 406.400,00

   

02.02.15 Formação 157.450,00

   

02.02.16 Seminários, Exposições e similares 92.398,00

   

02.02.17 Publicidade 69.267,00

   

02.02.18 Vigilância e segurança 180.000,00

   

02.02.19 Assistência técnica 2.287.198,00

   

02.02.20 Outros Trabalhos Especializados 2.329.786,00

   

02.02.20a Outros trabalhos especializados Diários da Assembleia da     República 35.055,00

   

02.02.20b Serviços de restaurante, refeitório e cafetaria 849.149,00

   

02.02.20c Outros trabalhos especializados 1.445.582,00

   

02.02.21 Utilização de infra-estruturas de transportes 10.000,00

   

02.02.22 Serviços Médicos 28.200,00

   

02.02.25 Outros serviços 5.026,00

   

03. Juros e Outros Encargos 9.000,00

   

03.06 Outros Encargos Financeiros 9.000,00

   

03.06.01 Outros Encargos Financeiros 9.000,00

   

04. Transferências Correntes 46.450,00

   

04.01 Entidades não Financeiras 39.450,00

   

04.01.02 Entidades Privadas 39.450,00

   

04.01.02a Grupo Desportivo Parlamentar 14.450,00

   

04.01.02b Associação dos Ex-Deputados 25.000,00

   

04.09 Transferências Correntes - Resto do Mundo 7.000,00

   

04.09.03 Países terceiros - Cooperação Interparlamentar 7.000,00

   

05. Subvenções 880.081,00

   

05.07 Subvenções a Instituições sem fins lucrativos 880.081,00

   

05.07.01 Subvenções aos Grupos Parlamentares 880.081,00

   

05.07.01a Subvenção para encargos de assessoria aos deputados     679.136,00

   

05.07.01b Subvenção para os encargos com comunicações 200.945,00

   

06. Outras Despesas Correntes 3.307.248,00

   

06.01 Dotação provisional 3.000.000,00

   

06.01.01 Dotação provisional 3.000.000,00

   

06.02 Diversas 307.248,00

   

06.02.01 Impostos e taxas 100.000,00

   

06.02.03 Outras 207.248,00

   

06.02.03a Quotizações 193.848,00

   

06.02.03b Outras Despesas correntes não especificadas 13.400,00

   

DESPESAS DE CAPITAL 3.874.390,00

   

07. Aquisição de Bens de Capital 3.354.390,00

   

07.01 Investimentos 2.194.390,00

   

07.01.03 Edifícios 440.000,00

   

07.01.06 Material de transporte 49.000,00

   

07.01.07 Equipamento de Informática 357.250,00

   

07.01.07a Material de informática: HW de comunicação 192.250,00

   

07.01.07b Material de informática: Outro HW 165.000,00

   

07.01.08 Software de Informática 449.450,00

   

07.01.08b Software informático: Outro SW 449.450,00

   

07.01.09 Equipamento Administrativo 140.000,00

   

07.01.09a Equipamento administrativo de comunicação 5.000,00

   

07.01.09b Outro equipamento administrativo 135.000,00

   

07.01.12 Artigos e objectos de valor 5.000,00

   

07.01.15 Outros Investimentos 753.690,00

   

07.01.15a Equipamento Audiovisual 753.690,00

   

07.03 Bens de Domínio Público 1.160.000,00

   

07.03.02 Edifícios 1.160.000,00

   

08. Transferências de Capital 20.000,00

   

08.09 Resto do Mundo 20.000,00

   

08.09.03 Países terceiros e Og. Int. - Cooperação Interparlamentar     20.000,00

   

11. Outras Despesas de Capital 500.000,00

   

11.01 Dotação provisional 500.000,00

   

11.01.01 Dotação provisional 85 500.000,00

   

TOTAL DA DESPESA PARA FUNCIONAMENTO 66.616.233,00

Publicado por Humberto Ferreira às 00:05

Link do post | Comentar | Ver comentários (1) | Adicionar aos favoritos
Sábado, 15 de Dezembro de 2012

Poluição - Continua a vergonha...

 

Para variar, deixo hoje AQI, o estado das linhas de água em Vale Salgueiro.

 

Para variar, também, continua a vergonha dos esgotos a correr a céu aberto. Parece que regressamos à idade média. Suponho que devem ser efeitos da modernidade ou dos hábitos/tradições que esses "senhores" têm nas suas terras e decidiram aplicar na Nossa.

 

Por fim, ainda para variar, continuo a estranhar o silêncio e inoperância das entidades responsáveis a nível local. Quase parece que é um problema sem importância que aconteceu ontem por "acidente" e que desconhecem e não, uma situação que se arrasta há anos com o conhecimento e a conivência de todos ou quase.

 

Como é óbvio, as imagens mostram apenas um pequeno ponto dessas linhas de água. Julgo que cada um terá capacidade de imaginar como está o resto e ajuizar quer sobre as pessoas que o fazem, quer sobre aquelas que o permitem. Quer umas, quer outras, devem, sem dúvida, merecer o que ganham, nos respectivos cargos que ocupam.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Publicado por Humberto Ferreira às 00:05

Link do post | Comentar | Ver comentários (2) | Adicionar aos favoritos

Humberto Ferreira . Berto Alferes

Pesquisar neste blog

 

Abril 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
25
26
27
28
29
30

Posts recentes

Polinização

Floração

Imagens - Sagrado Coração...

Sinal TV - O Barroso vist...

Escarambões

Lilás

Fotografia - Ao acaso

Fotografia - Gado

Imagens - Santa Ana

Boa Páscoa

Auto da Paixão 2014 - Out...

Os teus 98 anos

Polinização

Marmeleiro

Fotografia - Ao acaso

Fotografia - Gado

Plantas que por tradição ...

Imagens - Nosso Senhor do...

Auto da Paixão 2014 - Out...

CMChaves e Junta de Fregu...

Fotografia - Ao acaso

Exposição Colectiva de Fo...

Fotografia - Gado

Imagens - Nossa Senhora d...

Os esgotos e a aula de ma...

Matança - "Alheiras", "Sa...

Lumbudus - "Ruralidades" ...

Fotografia - Ao acaso

Fotografia - Gado

Imagens - São Miguel

Arquivos

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

tags

acisat

agricultura

aldeias

ama

ambiente

amnistia internacional chaves

ana maria borges

antigamente

aqi

auto da paixão

berto alferes

boticas

casa de cultura

chaves

cogumelos

coleccionismo

comboios

contributos

desporto

dinis ponteira

diogo rolim

direitos humanos

esgotos

exposições

família

fátima

fauna

faustino

feira do gado

feira dos santos

fernando ribeiro

festa do reco

flora

fotografia

galiza

humberto ferreira

incêndio

isaac dias

j.b.césar

joão jacinto

joão madureira

josé arantes

lamartinedias

laura freire

legislação

lixo

luís montalvão

lumbudus

máquinas fotográficas antigas

marco costa

miguel ferrador

montalegre

natureza

notícias

olhares

orçamento participativo

orçamento participativo 2015

outeiro seco

pablo serrano

património

pedro afonso

pitões das júnias

políticos

recortes

regina celia gonçalves

religião

rita gonçalves

romeiro de alcácer

santarém

são sebastião

segirei

sr. luís fernandes

sr.joãojacinto

tiago ferreira

tradições

tupamaro

vamos até

verin

vidago

vítor afonso

todas as tags

Favoritos

Ocasionais

Blogues Amigos




Creative Commons License

AVISO:
A cópia ou utilização das fotografias e textos aqui publicados são expressamente proibidas, independentemente do fim a que se destinam.
Berto Alferes

Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Unported License

Lumbudus

Tradições

Património

Coleccionismo

Fauna

Flora

Aviso




Creative Commons License

AVISO:
A cópia ou utilização das fotografias e textos aqui publicados são expressamente proibidas, independentemente do fim a que se destinam.
Berto Alferes

Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Unported License.

Visitas:

subscrever feeds