Outeiro Seco - AQI...

Tempo Outeiro Seco
Terça-feira, 31 de Dezembro de 2013

AQI Antigamente - Fragmentos da nossa história

 

Para acabar o ano, esta semana temos uma foto recuperada da nossa sempre fotogénica Igreja Românica de Nossa Senhora da Azinheira. Não está datada. Um Bom Ano para todos.

 

A fotografia foi adquirida com negativo.

 

 

AVISO: A cópia ou utilização das fotografias e textos aqui publicados são expressamente proibidas, independentemente do fim a que se destinam.

 

Propriedade e detenção dos direitos de autor: Humberto Ferreira

 

Publicado por Humberto Ferreira às 00:05

Link do post | Comentar | Ver comentários (1) | Adicionar aos favoritos

Legislação de Interesse

 

Bolsa de Terras

Resolução do Conselho de Ministros 96/2013 30/12/2013

Estabelece o procedimento de identificação e de disponibilização de prédios do domínio privado do Estado e dos institutos públicos na bolsa de terras a que se refere o n.º 2 do artigo 6.º da Lei n.º 62/2012, de 10 de dezembro

 

Coeficientes de Desvalorização da Moeda

Portaria 376/2013 30/12/2013

Procede à atualização dos coeficientes de desvalorização da moeda a aplicar aos bens e direitos alienados durante o ano de 2013

 

Fundo de Reestruturação do Setor Solidário

Resolução do Conselho de Ministros 95-A/2013 2.º Suplemento 27/12/2013

Determina que o Estado atribui um montante de 30 milhões de euros para financiamento inicial do Fundo de Reestruturação do Setor Solidário

 

Instituto da Segurança Social, I.P.

Decreto-Lei 167/2013 30/12/2013

Procede à primeira alteração ao Decreto-Lei n.º 83/2012, de 30 de março, que aprova a orgânica do Instituto da Segurança Social, I.P., reformulando o funcionamento do conselho de apoio para assuntos de proteção contra os riscos profissionais e especificando as regras de designação dos cargos dirigentes intermédios

 

Militares das Forças Armadas - Pensões

Decreto-Lei 166-A/2013 1.º Suplemento 27/12/2013 Procede à alteração do regime dos complementos de pensão dos militares das Forças Armadas, à transferência da responsabilidade pelo pagamento destes complementos de pensão para a Caixa Geral de Aposentações, I.P., e à fixação das regras de extinção do Fundo de Pensões dos Militares das Forças Armadas

 

Publicado por Humberto Ferreira às 00:01

Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Segunda-feira, 30 de Dezembro de 2013

Achados - Objectos Religiosos - Gravura antiga do anjo da guarda

 

 

 

 

 

Publicado por Humberto Ferreira às 00:05

Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Domingo, 29 de Dezembro de 2013

Vamos até Águas Frias - Castelo de Monforte de Rio Livre

 

 

 

 

Publicado por Humberto Ferreira às 00:05

Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Sábado, 28 de Dezembro de 2013

Contributos - Romeiro de Alcácer - “Massa fiada”

 

Massa fiada

 

 

Desceu a ladeira em passo apressado.

 

Ia às compras. E a mãe calculou-lhe o tempo de demora.

 

Como ansiava por estar um momento, fugaz que fosse, com o seu amor!

 

Contou pelos dedos os minutos, ou os segundos, que podia poupar no sapateiro, onde as socas ficariam para deitar umas tachas; no Correio, onde ia mandar uma carta por avião para a Tia que estava no Brasil; no «Mocho», onde ia comprar um metro e meio de plástico para forrar o «louceiro»; e no Zé da Loja, donde levaria um kilo de açúcar, dois de sal, três de massa pevide, dois de arroz e um de massa fiada.

 

 

Aquele quarto de hora de avanço podia muito bem dar-lhe para bater à porta da amiga da Quinta da Fraga. Dar-lhe-ia as «boas – tardes» e receberia o cântaro com que iria à mina buscar-lhe água. Era o sinal de que logo na esquina lá estaria «o amor da sua vida».

 

Dobrado o muro, o cântaro ficava pousado no chão. E os dois ficavam derretidos num tão apertado abraço e a comerem-se de beijos, sôfregos e doces!

 

Traçavam-se pela cintura. E lá seguiam até à fonte, trocando olhares, beijinhos e promessas de amor.

 

Enquanto o cântaro se enchia vagarosamente de água, deitados no chão de ervas secas, saciavam-se de amor e de saudades.

 

O tempo era contado pelo palpitar dos corações.

 

A hora da despedida era assim adivinhada.

 

 

Não se podia deixar que a mãe desconfiasse de nada.

 

A «Guerra em África» arrebanhava os mancebos a qualquer hora.

 

A ele afligia-o a incerteza do regresso.

 

Partiu para «o Ultramar».

 

Voltaram a ver-se quarenta anos depois!...

 

Romeiro de Alcácer

 

 

Publicado por Humberto Ferreira às 00:05

Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Legislação de Interesse

 

Seguros

Portaria 369/2013 26/12/2013

Fixa a taxa a pagar pelas empresas de seguros e entidades gestoras de fundos de pensões, a favor do Instituto de Seguros de Portugal, para o ano de 2014

 

Imposto Municipal sobre os Imóveis

Portaria 370/2013 27/12/2013

Fixa o valor médio de construção por metro quadrado a vigorar no ano de 2014

 

IRS - Declaração Modelo 13

Portaria 373/2013 27/12/2013

Aprova as instruções de preenchimento da declaração Modelo 13 e revoga a Portaria 415/2012, de 17 de dezembro

 

IRS - Declaração Modelo 39

Portaria 371/2013 27/12/2013

Aprova as novas instruções de preenchimento da declaração modelo 39 «Rendimentos e retenções a taxas liberatórias» e revoga as anteriores, aprovadas pela Portaria 414/2012, de 17 de dezembro

 

IRS e IRC - Declaração Modelo 30

Portaria 372/2013 27/12/2013

Aprova a declaração modelo 30 para cumprimento da obrigação declarativa a que se refere o 7 do artigo 119.º do Código do IRS e o artigo 128.º do Código do IRC e respetivas instruções de preenchimento

 

Medida Estágios Emprego

Portaria 375/2013 27/12/2013

Primeira alteração à Portaria 204-B/2013, de 18 de junho, que cria a medida Estágios Emprego

 

Práticas Individuais Restritivas do Comércio

Decreto-Lei 166/2013 27/12/2013

No uso da autorização legislativa concedida pela Lei 31/2013, de 10 de maio, aprova o regime aplicável às práticas individuais restritivas do comércio

 

Publicado por Humberto Ferreira às 00:01

Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Sexta-feira, 27 de Dezembro de 2013

Resultados do concurso de fotografia do XX Encontro Lumbudus

 
Na sequência do XX Encontro de Fotógrafos e Blogues Lumbudus, publicam-se os resultados do concurso de fotografia resultante do mesmo. Os resultados finais podem ser verificados no blogue da Lumbudus, na seguinte ligação: http://lumbudus.blogs.sapo.pt/20603.html
 
 
Foto 1
Classificação: 3º Prémio

  

 

Foto 2
Classificação: Não Classificada

 

 

Foto 3
Classificação: Não Classificada

 

 

Foto 4
Classificação: 2º Prémio

 

 

Foto 5
Classificação: Não Classificada

 

 

Publicado por Humberto Ferreira às 00:05

Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Quinta-feira, 26 de Dezembro de 2013

Pássaros

 

 

 

 
Publicado por Humberto Ferreira às 00:05

Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Quarta-feira, 25 de Dezembro de 2013

Contributos - Sr. João Jacinto - "Louceiro ou Lançador"

 

 

LOUCEIRO OU LANÇADOR

 

Hoje não vamos falar de tradições de Natal, embora Outeiro Sêco tenha algumas relacionadas com esta quadra festiva, e que um dia prometo aqui trazer.

 

Vamos sim, falar de um móvel tradicional de Outeiro Sêco, e que noutros tempos ornamentava as cozinhas antigas da aldeia, quer ela fosse de pobre, remediado ou rico.

 

 

Hoje já serão poucos, ou nenhuns que ainda conseguem resistir à evolução dos tempos.

 

A partir mais ou menos da década de 70, dá-se uma revolução na cozinha tradicional de Outeiro Sêco, era a modernidade. Começam a aparecer pela aldeia as primeiras chaminés de cimento, os conhecidos chupões para extrair o fumo da lareira, e que vem substituir a pequena abertura no telhado.

 

O chão de madeira é substituído pelo cimento, o alguidar de lavar a loiça é substituído pela banca de cimento ou de inox.

 

(1)

 

Este móvel conhecido na aldeia por louceiro ou (lançador), que até aqui tinha feito parte do recheio da cozinha, vê os seus dias contados. Era um móvel sem qualquer mestria, feito por carpinteiros da aldeia, embora houvesse daqueles de se lhe tirar o chapéu.

 

Podemos afirmar que em Outeiro Sêco existiam 4 modelos de louceiros, pois estes modelos tinham a ver com a condição social das famílias, e assim se possuía o tipo de louceiro.

 

A cozinha era naqueles tempos o aposento onde se passava a maior parte do tempo, e quase sempre de grandes dimensões, famílias numerosas, grandes trabalhos agrícolas, matança e também toda a família pelo Natal. A lareira sempre rodeada de grandes escanos, o trasfogueiro de granito onde assentavam grandes toros, não faltando os potes de ferro, além das tenazes e do abano.

 

Mas fosse a cozinha pobre ou rica, ou remediada o louceiro (lançador), lá estava presente.

 

(2)

  

Mas este móvel sempre em datas festivas era enfeitado, com lindos papeis recortados de jornais antigos, feitos pelas mãos de uma fada, a dona da casa. Se a dona tinha mais posses comprava-os na mercearia, e tinham a particularidade de serem colados com uma papa de farinha. Ali se liam e reliam as notícias do jornal, até o fumo dar cabo delas.

 

 

Sendo ainda enfeitados por lindas tigelas (malgas), e pratos além das travessas, ai se pendurava a colher de lançar o caldo, a candeia, a amotolia do azeite. Outros louceiros havia, que no fundo se escondiam os potes e os cântaros da água.

 

Hoje já serão poucos, ou nenhuns os que existem lá para os lados de Outeiro Seco.

 

Resta-nos a esperança de que alguém se lembre de guardar uma destas relíquias.

 

Bom Natal.

 

João Jacinto

 

 

# Lançador termo usado em Outeiro Sêco nessa época.

# Colher de lançar o caldo.

 

Fotos pertencentes às seguintes ligações:

(1) -  http://umaovelhanoquintal.blogspot.pt/2011/06/casa-do-lavrador-vilar-de-perdizes.html

(2) -  http://www.flickr.com/photos/jp_nascimento/4414131776/

 

Publicado por Humberto Ferreira às 00:05

Link do post | Comentar | Ver comentários (1) | Adicionar aos favoritos
Terça-feira, 24 de Dezembro de 2013

Bom Natal e Feliz Ano Novo

 
A todos os familiares e amigos, colaboradores, comentaristas e visitantes deste blogue, desejo um Natal cheio de Paz e um Ano Novo com muita saúde. Berto
 

 

 

Publicado por Humberto Ferreira às 00:05

Link do post | Comentar | Ver comentários (2) | Adicionar aos favoritos

Legislação de Interesse

 

Estratégia de Fomento Industrial para o Crescimento e o Emprego 2014-2020

Resolução do Conselho de Ministros 91/2013 23/12/2013

Aprova a Estratégia de Fomento Industrial para o Crescimento e o Emprego 2014-2020

 

IRS - Declaração Modelo 3

Portaria 365/2013 23/12/2013

Aprova os novos modelos de impressos a que se refere o 1 do artigo 57.º do Código do IRS

 

Preços dos Medicamentos

Portaria 367/2013 23/12/2013

Segunda alteração à Portaria 4/2012, de 2 de janeiro que estabelece as regras de formação dos preços dos medicamentos, da sua alteração e da sua revisão anual, bem como os respetivos prazos

 

Publicado por Humberto Ferreira às 00:01

Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Segunda-feira, 23 de Dezembro de 2013

Achados - Objectos Antigos - Dinheiro de Emergência - CMChaves - 20 Centavos

 

 


 
Publicado por Humberto Ferreira às 00:05

Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Domingo, 22 de Dezembro de 2013

Vamos até Montalegre - Cemitério de Pitões das Júnias

 

 

 

 

 

Publicado por Humberto Ferreira às 00:05

Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Sábado, 21 de Dezembro de 2013

Contributos - Romeiro de Alcácer - “Credo em Cruz!”

 

“CREDO EM CRUZ!

 

Novembro ainda não findara.

 

Estava um dia de sol de Outono com um frio gelado de Inverno.

 

O conforto do astro-rei era uma tentação, fazia-nos sair à rua para o apanhar.

 

 

Logo nos colhe de surpresa a traição do vento norte, que, mesmo fraco, nos gela as mãos e a cara, e nos põe lágrimas nos olhos.

 

Cem passos dados pelo passeio, e chegaram para obedecermos à intimação do frio e regressar a dentre – paredes.

 

A meia volta deu-nos um susto. O vulto que se cruzou connosco nem soubemos se era corpo ou sombra.

 

O nosso passo de volta cruzou-se com o seu passo de ida.

 

Só foi tempo de lhe apanharmos o rosto.

 

Voltámos a cabeça. O cabelo, o corpo e o andar eram o dela.

 

O espanto tolheu-nos o passo. Ficámos parado a vê-la afastar-se.

 

Credo em cruz!

 

Desapareceu na esquina da rua com o mesmo perfil e aprumo com que se cruzou connosco.

 

Nem um leve voltar de cabeça; nem um gesto mais amplo de um braço, nem um passo mais largo, ou estreito ou menos acertado, a dar sinal de nos ter reconhecido.

 

 

O sol pareceu rir-se de nós, e o frio ficou mais gelado!

 

Chega de recordação! Chega de saudades!

 

Memória, por que não te apagas?!

 

 

Romeiro de Alcácer

 

Publicado por Humberto Ferreira às 00:05

Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Legislação de Interesse

 

Declaração Modelo 10 do IRS e do IRC

Portaria 363/2013 20/12/2013

Aprova a declaração Modelo 10 do IRS e do IRC e respetivas instruções de preenchimento e revoga a Portaria n.º 314/2011, de 29 de dezembro

 

Planos de Ordenamento Florestal (PROF)

Portaria 364/2013 20/12/2013

Estabelece o conteúdo desenvolvido dos planos de ordenamento florestal (PROF)

 

Publicado por Humberto Ferreira às 00:01

Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Sexta-feira, 20 de Dezembro de 2013

Outros Olhares - Dinis Ponteira

 

 

 

Para apreciar os diversos trabalhos fotográficos do Dinis Ponteira, pode visitar o seu blogue indicado na barra lateral ou seguir esta ligação:

http://dponteira.blogs.sapo.pt/

 

Para colaborar, envie os seus olhares para jhumbertoferreira@sapo.pt. Obrigado. Berto

 

Publicado por Humberto Ferreira às 00:05

Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Quinta-feira, 19 de Dezembro de 2013

Pássaros

 

 

 

 

 

 

 

Publicado por Humberto Ferreira às 00:05

Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Quarta-feira, 18 de Dezembro de 2013

Contributos - Sr. João Jacinto - "Cruzes nas ombreiras das portas"

 

 

 

CRUZES NAS OMBREIRAS DAS PORTAS

 

O que mais contribui para que continue a escrever sobre o passado, ou tradições da aldeia que me viu nascer (Outeiro Seco), reside no facto de querer recuperar, tradições, factos sociais e históricos, quando os presumo perdidos na memória colectiva dos Outeiro Secanos. Não escrevo para obter o maior número de comentaristas, mas sim para dar a conhecer, aos mais jovens o passado e tradições de um povo (Outeiro Seco).

 

A apresentação de qualquer imagem será sempre acompanhada de uma informação ou esclarecimento, foi sempre um dos princípios que me norteou.

 

Com a devida vénia passo ao tema, que hoje me propus aqui desenvolver.

 

Talvez já muitos Outeiro Secanos, se tenham interrogado sobre a existência de umas cruzes, em algumas habitações antigas da aldeia.

 

Muitas vezes na minha infância me interroguei sobre as ditas cruzes. Qual o seu significado? Mas nunca obtive qualquer resposta dos mais idosos.

 

 

Eram várias casas com esses sinais na aldeia. Uma que ainda preserva esse sinal, é casa que pertencia ao José Chaves (Zé Rico). Na porta que dá acesso á cozinha, possui na ombreira da porta um símbolo que representa uma cruz.

 

Havia outra no Bairro do Papeiro. Muitas delas desapareceram devido à recuperação por parte dos seus donos, mas poderão existir mais na aldeia. Será sobre esta que ainda existe que aqui vou falar.

 

Segundo as informações que recebemos as cruzes gravadas nas ombreiras das portas ou janelas, foram ao que parece, casas onde viveram Judeus, e elas foram gravadas quando se converteram à religião católica.

 

Pelos vistos, e segundo o que dizem não tinham muita escolha, senão a conversão. E como acontecia nestes casos a conversão só era aparente, e então para não serem incomodados, e mostrarem que se tinham convertido, gravavam estas cruzes, isto acontecia por volta de 1557.

 

Por vezes olhares mais atentos podem ainda permitir identificar no casario mais antigo da aldeia, muitas destas marcas ou inscrições.

 

Foto anterior invertida, oferencendo um melhor destaque

 

Não dispomos de dados concretos que nos permitam fazer uma associação directa, entre a existência dessas marcas (cruzes), e a presença de comunidades Judaicas na aldeia, mas estas características são geralmente verificadas nas antigas judiarias: mas para quem estiver interessado poderá percorrer os processos na Torre do Tombo, talvez encontre surpresas sobre Outeiro Seco. Como esta:

 

“Tribunal de Santo Oficio 1536

Inquisição de Lisboa

Processo de Pedro Leão

19/05/1554 - 27/03/1555

Tribunal de Santo Oficio, Inquisição de Lisboa Proc. 1220

Cristão-novo anos 50/Crime de Judaísmo - Actividade Vivia da sua fazenda e negociante de sedas.

Natural de Outeiro Seco termo de Chaves, Morada Vinhais diocese de Miranda. Pai Gabriel de Leão, Cristão-Novo

Mãe Genevora de Leão, cristã-nova

Casado com Inês Vaz, cristã- nova, Data da Prisão 1554

Sentença Abjuração de leve, carcere a arbítrio pagamento de custas

O réu veio de Vinhais e fora casado duas vezes sendo a primeira mulher Giomar Serrã e a segunda Violante Gomes, ambas cristãs-novas.”

 

E por hoje é tudo.

 

João Jacinto

 

Publicado por Humberto Ferreira às 00:05

Link do post | Comentar | Ver comentários (2) | Adicionar aos favoritos
Terça-feira, 17 de Dezembro de 2013

AQI Antigamente - Fragmentos da nossa história

 

Mais uma foto recuperada a cores. Também deve ser dos anos 80 e mostra o que possivelmente era um carro utilizado no contrabando. Está no Lugar dos Barrocos, talvez por ter avariado.

 

A fotografia foi adquirida com negativo.

 

 

AVISO: A cópia ou utilização das fotografias e textos aqui publicados são expressamente proibidas, independentemente do fim a que se destinam.

 

Propriedade e detenção dos direitos de autor: Humberto Ferreira

 

Publicado por Humberto Ferreira às 00:05

Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Legislação de Interesse

 

Direito de Autor e Direitos Conexos

Acórdão do Supremo Tribunal de Justiça 15/2013 16/12/2013

A aplicação, a um televisor, de aparelhos de ampliação do som, difundido por canal de televisão, em estabelecimento comercial, não configura uma nova utilização da obra transmitida, pelo que o seu uso não carece de autorização do autor da mesma, não integrando consequentemente essa prática o crime de usurpação, p. e p. pelos arts. 149º, 195º e 197º do Código do Direito de Autor e dos Direitos Conexos

 

Eleições Gerais para os Órgãos das Autarquias Locais

Mapa Oficial 1-A/2013 1.º Suplemento 13/12/2013

Mapa oficial dos resultados das eleições gerais para os órgãos das autarquias locais de 29 de setembro de 2013

 

Rede Nacional de Cuidados Continuados Integrados (RNCCI)

Portaria 360/2013 16/12/2013

Fixa os preços dos cuidados de saúde e de apoio social prestados nas unidades de internamento e de ambulatório da Rede Nacional de Cuidados Continuados Integrados (RNCCI), a praticar no ano de 2013 e revoga a Portaria n.º 41/2013, de 1 de fevereiro

 

Publicado por Humberto Ferreira às 00:01

Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Humberto Ferreira . Berto Alferes

Pesquisar neste blog

 

Julho 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
24
25
26
27
28
29
30
31

Posts recentes

Rapa das Bestas - Sabuced...

Natureza

Calvário - Três Cruzes

Câmara Municipal de Chave...

Imagens - São Miguel

Fotografia - Ao acaso

Fotografia - Gado

Rapa das Bestas - Sabuced...

Natureza

Capela de Nosso Senhor do...

8 de Julho - CMChaves e J...

Imagens - Nossa Senhora d...

Fotografia - Ao acaso

Fotografia - Gado

Rapa das Bestas - Sabuced...

Natureza

Chaves: “Rachas do Presid...

Norberto Costa no Podium ...

Igreja de Nossa Senhora d...

Câmara Municipal de Chave...

Imagens - São José

Fotografia - Ao acaso

Fotografia - Gado

Rapa das Bestas - Sabuced...

"Pedra de Mesa"

Natureza

Câmara Municipal de Chave...

Fotografia - Ao acaso

Fotografia - Gado

Castelo de Monforte de Ri...

Arquivos

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

tags

acisat

agricultura

aldeias

ama

ambiente

amnistia internacional chaves

ana maria borges

antigamente

aqi

auto da paixão

berto alferes

boticas

casa de cultura

chaves

cogumelos

coleccionismo

comboios

contributos

desporto

dinis ponteira

diogo rolim

direitos humanos

esgotos

exposições

família

fátima

fauna

faustino

feira do gado

feira dos santos

fernando ribeiro

festa do reco

flora

fotografia

galiza

humberto ferreira

incêndio

isaac dias

j.b.césar

joão jacinto

joão madureira

josé arantes

lamartinedias

laura freire

legislação

lixo

luís montalvão

lumbudus

máquinas fotográficas antigas

marco costa

miguel ferrador

montalegre

natureza

notícias

olhares

orçamento participativo

orçamento participativo 2015

outeiro seco

pablo serrano

património

pedro afonso

pitões das júnias

políticos

recortes

regina celia gonçalves

religião

rita gonçalves

romeiro de alcácer

santarém

são sebastião

segirei

sr. luís fernandes

sr.joãojacinto

tiago ferreira

tradições

tupamaro

vamos até

verin

vidago

vítor afonso

todas as tags

Favoritos

Ocasionais

Blogues Amigos




Creative Commons License

AVISO:
A cópia ou utilização das fotografias e textos aqui publicados são expressamente proibidas, independentemente do fim a que se destinam.
Berto Alferes

Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Unported License

Lumbudus

Tradições

Património

Coleccionismo

Fauna

Flora

Aviso




Creative Commons License

AVISO:
A cópia ou utilização das fotografias e textos aqui publicados são expressamente proibidas, independentemente do fim a que se destinam.
Berto Alferes

Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Unported License.

Visitas:

subscrever feeds