Outeiro Seco - AQI...

Tempo Outeiro Seco
Segunda-feira, 10 de Outubro de 2016

Exposição permanente de material fotográfico antigo - Última semana de votação - Outeiro Seco - Chaves - Portugal

 

Mosáico 1.jpg

 

 

Os interessados poderão seguir as ligações abaixo indicadas.

Se já tiver o registo, basta “Entrar” e “Votar” na proposta, senão deverá registar-se primeiro.

Este ano poderão votar uma vez em cada uma das propostas.

 

Componente 2 - Promoção e Dinamização (OP2016)

Exposição permanente de material fotográfico antigo

http://op.chaves.pt/PageGen.aspx?WMCM_PaginaId=28315&id=153&processoID=32

 

Descrição:

Exposição permanente de material fotográfico antigo.

Esta proposta vem no sentido de satisfazer uma lacuna importante no âmbito da divulgação do património artístico, cultural, histórico e social, porque entendo que o conhecimento, a arte, a história e a cultura de uma forma geral, deve ter um alcance social e estar ao dispor do público em geral.

Esta candidatura de âmbito artístico, histórico, cultural e social, abrange equipamento fotográfico antigo e fotografia é proveniente de um vasto e diversificado conjunto de equipamentos fotográficos antigos, reunido por mim ao longo dos últimos 6 anos, é composto por máquinas fotográficas, todo o tipo de acessórios, material publicitário, livros e revistas, posters, gravuras, postais, selos, pin's, todo o tipo de objectos relacionados com a fotografia, fotografias antigas, espólios fotográficos de negativos recolhidos em diversos locais e casas de fotografia, etc...

A beleza e raridade de cada peça que compõem esta exposições, transporta-nos para um cenário de equilíbrio entre o passado e o presente.

Para além da subentendida raridade e do seu óbvio valor patrimonial, cada peça desvela-nos um pedaço da história da fotografia e da nossa própria história, sendo também documentos importantes do ponto de vista artístico, cultural e social, pois para muitos constituem instrumentos do reavivar das suas próprias memórias e para outros, o poderem rever-se na utilização de algumas dessas peças. 

Assim, propõe-se a realização de uma exposição permanente de material fotográfico antigo, ao longo de 12 meses, estando patente ao público uma selecção de 150 máquinas fotográficas antigas / equipamentos fotográficos antigos, escolhidos entre mais de 1.000 peças.

De realçar que não existe nenhuma exposição deste género nos concelhos do Alto Tâmega, pelo que se prevê que tenha bastante procura pelo interesse que desperta.

O município terá a possibilidade de nos anos subsequentes, dar continuidade a esta exposição por se tratar de um evento cultural interessante.

 

Objetivos:

Realização de uma exposição permanente de material fotográfico antigo ao longo de 12 meses, com vista à divulgação do património artístico, cultural, histórico e social que a fotografia representa.

 

Destinatários do projeto:

População do concelho de Chaves. População dos restantes concelhos do Alto Tâmega e vizinha Galiza. Todos os visitantes nacionais e estrangeiros.

 

Benefícios do projeto para a população:

Proporcionar à população o acesso a peças raras da história da fotografia, pois para muitos constituem instrumentos do reavivar das suas próprias memórias e para outros, o poderem rever-se na utilização de algumas dessas peças. Evento cultural interessante disponível ao longo de todo o ano.

 

Localização (Se possível anexar mapa de localização):

Qualquer localização na cidade de Chaves, que possa albergar condignamente e com segurança as peças expostas e que disponha de vitrines horizontais e verticais.

 

Publicado por Humberto Ferreira às 06:10

Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Construção de um monumento (escultura) alusivo às leiteiras de Outeiro Seco - Última semana de votação - Outeiro Seco - Chaves - Portugal

 

5883080398_6b21668276_oa.jpg

Foto de Fernando Ribeiro: http://chaves.blogs.sapo.pt/

 

 

Os interessados poderão seguir as ligações abaixo indicadas.

Se já tiver o registo, basta “Entrar” e “Votar” na proposta, senão deverá registar-se primeiro.

Este ano poderão votar uma vez em cada uma das propostas.

 

Componente 1 - Requalificação Urbanística de Espaços (OP2016)

Construção de um monumento (escultura) alusivo às leiteiras de Outeiro Seco

http://op.chaves.pt/PageGen.aspx?WMCM_PaginaId=28315&id=154&processoID=33

 

Descrição:

Construção de um monumento (escultura) alusivo às leiteiras de Outeiro Seco.

As leiteiras foram ao longo de décadas figuras incontornáveis na cidade de Chaves e na estrada que liga esta cidade à Aldeia de onde provinham – Outeiro Seco.

Foram responsáveis pela distribuição de leite ao domicílio de diversas famílias ao longo da via que percorriam, mas também na própria cidade de Chaves, fazendo desta prática a sua profissão.

Durante esse tempo, granjearam junto da população simpatia e respeito pelo importante papel que desempenharam, quer no desenvolvimento da produção de leite na Aldeia de Outeiro Seco, quer na alimentação de gerações de flavienses.

São um marco importante da nossa tradição e cultura, que merecem um lugar de relevo na história local, pelo que se justifica a construção de um monumento em sua homenagem.

Propõe-se que do monumento constem as leiteiras, os tradicionais burros, os diversos cântaros e crianças a recolherem o leite.

O local mais indicado, a meu ver, seria a rotunda junto à Escola Dr. Júlio Martins (1), uma vez que era por este local que abordavam a cidade.

 

Objetivos:

Homenagem à actividade desenvolvida pelas leiteiras de Outeiro Seco

 

Destinatários do projeto:

População em geral do concelho de Chaves e visitantes portugueses e estrangeiros.

 

Benefícios do projeto para a população:

Dar a conhecer, relembrar e perpetuar no tempo um período da nossa história local, vincado por esta tradição que faz parte da nossa cultura.

 

Localização (Se possível anexar mapa de localização):

Rotunda junto à Escola Dr. Júlio Martins, pelos motivos indicados na Descrição (1).

(1) A CMChaves alterou a localização para Rotunda do Mercado Municipal, sita na Avenida do Estádio Municipal, porque diz que na localização sugerida têm lá "O Abraço".

 

Publicado por Humberto Ferreira às 06:05

Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Terça-feira, 4 de Outubro de 2016

Votação - Exposição permanente de material fotográfico antigo - Outeiro Seco - Chaves - Portugal

 

Mosáico 1.jpg

 

 

Os interessados poderão seguir as ligações abaixo indicadas.

Se já tiver o registo, basta “Entrar” e “Votar” na proposta, senão deverá registar-se primeiro.

Este ano poderão votar uma vez em cada uma das propostas.

 

Componente 2 - Promoção e Dinamização (OP2016)

Exposição permanente de material fotográfico antigo

http://op.chaves.pt/PageGen.aspx?WMCM_PaginaId=28315&id=153&processoID=32

 

Descrição:

Exposição permanente de material fotográfico antigo.

Esta proposta vem no sentido de satisfazer uma lacuna importante no âmbito da divulgação do património artístico, cultural, histórico e social, porque entendo que o conhecimento, a arte, a história e a cultura de uma forma geral, deve ter um alcance social e estar ao dispor do público em geral.

Esta candidatura de âmbito artístico, histórico, cultural e social, abrange equipamento fotográfico antigo e fotografia é proveniente de um vasto e diversificado conjunto de equipamentos fotográficos antigos, reunido por mim ao longo dos últimos 6 anos, é composto por máquinas fotográficas, todo o tipo de acessórios, material publicitário, livros e revistas, posters, gravuras, postais, selos, pin's, todo o tipo de objectos relacionados com a fotografia, fotografias antigas, espólios fotográficos de negativos recolhidos em diversos locais e casas de fotografia, etc...

A beleza e raridade de cada peça que compõem esta exposições, transporta-nos para um cenário de equilíbrio entre o passado e o presente.

Para além da subentendida raridade e do seu óbvio valor patrimonial, cada peça desvela-nos um pedaço da história da fotografia e da nossa própria história, sendo também documentos importantes do ponto de vista artístico, cultural e social, pois para muitos constituem instrumentos do reavivar das suas próprias memórias e para outros, o poderem rever-se na utilização de algumas dessas peças. 

Assim, propõe-se a realização de uma exposição permanente de material fotográfico antigo, ao longo de 12 meses, estando patente ao público uma selecção de 150 máquinas fotográficas antigas / equipamentos fotográficos antigos, escolhidos entre mais de 1.000 peças.

De realçar que não existe nenhuma exposição deste género nos concelhos do Alto Tâmega, pelo que se prevê que tenha bastante procura pelo interesse que desperta.

O município terá a possibilidade de nos anos subsequentes, dar continuidade a esta exposição por se tratar de um evento cultural interessante.

 

Objetivos:

Realização de uma exposição permanente de material fotográfico antigo ao longo de 12 meses, com vista à divulgação do património artístico, cultural, histórico e social que a fotografia representa.

 

Destinatários do projeto:

População do concelho de Chaves. População dos restantes concelhos do Alto Tâmega e vizinha Galiza. Todos os visitantes nacionais e estrangeiros.

 

Benefícios do projeto para a população:

Proporcionar à população o acesso a peças raras da história da fotografia, pois para muitos constituem instrumentos do reavivar das suas próprias memórias e para outros, o poderem rever-se na utilização de algumas dessas peças. Evento cultural interessante disponível ao longo de todo o ano.

 

Localização (Se possível anexar mapa de localização):

Qualquer localização na cidade de Chaves, que possa albergar condignamente e com segurança as peças expostas e que disponha de vitrines horizontais e verticais.

 

Publicado por Humberto Ferreira às 00:05

Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Segunda-feira, 3 de Outubro de 2016

Votação - Construção de um monumento (escultura) alusivo às leiteiras de Outeiro Seco - Outeiro Seco - Chaves - Portugal

 

5883080398_6b21668276_oa.jpg

Foto de Fernando Ribeiro: http://chaves.blogs.sapo.pt/

 

 

Os interessados poderão seguir as ligações abaixo indicadas.

Se já tiver o registo, basta “Entrar” e “Votar” na proposta, senão deverá registar-se primeiro.

Este ano poderão votar uma vez em cada uma das propostas.

 

Componente 1 - Requalificação Urbanística de Espaços (OP2016)

Construção de um monumento (escultura) alusivo às leiteiras de Outeiro Seco

http://op.chaves.pt/PageGen.aspx?WMCM_PaginaId=28315&id=154&processoID=33

 

Descrição:

Construção de um monumento (escultura) alusivo às leiteiras de Outeiro Seco.

As leiteiras foram ao longo de décadas figuras incontornáveis na cidade de Chaves e na estrada que liga esta cidade à Aldeia de onde provinham – Outeiro Seco.

Foram responsáveis pela distribuição de leite ao domicílio de diversas famílias ao longo da via que percorriam, mas também na própria cidade de Chaves, fazendo desta prática a sua profissão.

Durante esse tempo, granjearam junto da população simpatia e respeito pelo importante papel que desempenharam, quer no desenvolvimento da produção de leite na Aldeia de Outeiro Seco, quer na alimentação de gerações de flavienses.

São um marco importante da nossa tradição e cultura, que merecem um lugar de relevo na história local, pelo que se justifica a construção de um monumento em sua homenagem.

Propõe-se que do monumento constem as leiteiras, os tradicionais burros, os diversos cântaros e crianças a recolherem o leite.

O local mais indicado, a meu ver, seria a rotunda junto à Escola Dr. Júlio Martins (1), uma vez que era por este local que abordavam a cidade.

 

Objetivos:

Homenagem à actividade desenvolvida pelas leiteiras de Outeiro Seco

 

Destinatários do projeto:

População em geral do concelho de Chaves e visitantes portugueses e estrangeiros.

 

Benefícios do projeto para a população:

Dar a conhecer, relembrar e perpetuar no tempo um período da nossa história local, vincado por esta tradição que faz parte da nossa cultura.

 

Localização (Se possível anexar mapa de localização):

Rotunda junto à Escola Dr. Júlio Martins, pelos motivos indicados na Descrição (1).

(1) A CMChaves alterou a localização para Rotunda do Mercado Municipal, sita na Avenida do Estádio Municipal, porque diz que na localização sugerida têm lá "O Abraço".

 

Publicado por Humberto Ferreira às 00:05

Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Quinta-feira, 15 de Setembro de 2016

Iniciam hoje as votações nas propostas do orçamento participativo 2016 - Outeiro Seco - Chaves - Portugal

 

Os interessados poderão seguir as ligações abaixo indicadas.

Se já tiver o registo, basta “Entrar” e “Votar” na proposta, senão deverá registar-se primeiro.

Este ano poderão votar uma vez em cada uma das propostas.

 

Componente 1 - Requalificação Urbanística de Espaços (OP2016)

Construção de um monumento (escultura) alusivo às leiteiras de Outeiro Seco

http://op.chaves.pt/PageGen.aspx?WMCM_PaginaId=28315&id=154&processoID=33

 

5883080398_6b21668276_o.jpg

Foto de Fernando Ribeiro: http://chaves.blogs.sapo.pt/

   

 

Componente 2 - Promoção e Dinamização (OP2016)

Exposição permanente de material fotográfico antigo

http://op.chaves.pt/PageGen.aspx?WMCM_PaginaId=28315&id=153&processoID=32

 

Mosáico 1.jpg

 

 

 

Componente 1 - Requalificação Urbanística de Espaços (OP2016)

Construção de um monumento (escultura) alusivo às leiteiras de Outeiro Seco   

 

Descrição:

Construção de um monumento (escultura) alusivo às leiteiras de Outeiro Seco.

As leiteiras foram ao longo de décadas figuras incontornáveis na cidade de Chaves e na estrada que liga esta cidade à Aldeia de onde provinham – Outeiro Seco.

Foram responsáveis pela distribuição de leite ao domicílio de diversas famílias ao longo da via que percorriam, mas também na própria cidade de Chaves, fazendo desta prática a sua profissão.

Durante esse tempo, granjearam junto da população simpatia e respeito pelo importante papel que desempenharam, quer no desenvolvimento da produção de leite na Aldeia de Outeiro Seco, quer na alimentação de gerações de flavienses.

São um marco importante da nossa tradição e cultura, que merecem um lugar de relevo na história local, pelo que se justifica a construção de um monumento em sua homenagem.

Propõe-se que do monumento constem as leiteiras, os tradicionais burros, os diversos cântaros e crianças a recolherem o leite.

O local mais indicado, a meu ver, seria a rotunda junto à Escola Dr. Júlio Martins (1), uma vez que era por este local que abordavam a cidade.

 

Objetivos:

Homenagem à actividade desenvolvida pelas leiteiras de Outeiro Seco

 

Destinatários do projeto:

População em geral do concelho de Chaves e visitantes portugueses e estrangeiros.

 

Benefícios do projeto para a população:

Dar a conhecer, relembrar e perpetuar no tempo um período da nossa história local, vincado por esta tradição que faz parte da nossa cultura.

 

Localização (Se possível anexar mapa de localização):

Rotunda junto à Escola Dr. Júlio Martins, pelos motivos indicados na Descrição (1).

(1) A CMChaves alterou a localização para Rotunda do Mercado Municipal, sita na Avenida do Estádio Municipal, porque diz que na localização sugerida têm lá "O Abraço".

 

 

Componente 2 - Promoção e Dinamização (OP2016)

Exposição permanente de material fotográfico antigo

 

Descrição:

Exposição permanente de material fotográfico antigo.

Esta proposta vem no sentido de satisfazer uma lacuna importante no âmbito da divulgação do património artístico, cultural, histórico e social, porque entendo que o conhecimento, a arte, a história e a cultura de uma forma geral, deve ter um alcance social e estar ao dispor do público em geral.

Esta candidatura de âmbito artístico, histórico, cultural e social, abrange equipamento fotográfico antigo e fotografia é proveniente de um vasto e diversificado conjunto de equipamentos fotográficos antigos, reunido por mim ao longo dos últimos 6 anos, é composto por máquinas fotográficas, todo o tipo de acessórios, material publicitário, livros e revistas, posters, gravuras, postais, selos, pin's, todo o tipo de objectos relacionados com a fotografia, fotografias antigas, espólios fotográficos de negativos recolhidos em diversos locais e casas de fotografia, etc...

A beleza e raridade de cada peça que compõem esta exposições, transporta-nos para um cenário de equilíbrio entre o passado e o presente.

Para além da subentendida raridade e do seu óbvio valor patrimonial, cada peça desvela-nos um pedaço da história da fotografia e da nossa própria história, sendo também documentos importantes do ponto de vista artístico, cultural e social, pois para muitos constituem instrumentos do reavivar das suas próprias memórias e para outros, o poderem rever-se na utilização de algumas dessas peças. 

Assim, propõe-se a realização de uma exposição permanente de material fotográfico antigo, ao longo de 12 meses, estando patente ao público uma selecção de 150 máquinas fotográficas antigas / equipamentos fotográficos antigos, escolhidos entre mais de 1.000 peças.

De realçar que não existe nenhuma exposição deste género nos concelhos do Alto Tâmega, pelo que se prevê que tenha bastante procura pelo interesse que desperta.

O município terá a possibilidade de nos anos subsequentes, dar continuidade a esta exposição por se tratar de um evento cultural interessante.

 

Objetivos:

Realização de uma exposição permanente de material fotográfico antigo ao longo de 12 meses, com vista à divulgação do património artístico, cultural, histórico e social que a fotografia representa.

 

Destinatários do projeto:

População do concelho de Chaves. População dos restantes concelhos do Alto Tâmega e vizinha Galiza. Todos os visitantes nacionais e estrangeiros.

 

Benefícios do projeto para a população:

Proporcionar à população o acesso a peças raras da história da fotografia, pois para muitos constituem instrumentos do reavivar das suas próprias memórias e para outros, o poderem rever-se na utilização de algumas dessas peças. Evento cultural interessante disponível ao longo de todo o ano.

 

Localização (Se possível anexar mapa de localização):

Qualquer localização na cidade de Chaves, que possa albergar condignamente e com segurança as peças expostas e que disponha de vitrines horizontais e verticais.

Publicado por Humberto Ferreira às 09:00

Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Humberto Ferreira . Berto Alferes

Pesquisar neste blog

 

Abril 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
30

Posts recentes

Exposição permanente de m...

Construção de um monument...

Votação - Exposição perma...

Votação - Construção de u...

Iniciam hoje as votações ...

Arquivos

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

tags

acisat

agricultura

aldeias

ama

ambiente

amnistia internacional chaves

ana maria borges

antigamente

aqi

auto da paixão

berto alferes

boticas

casa de cultura

chaves

cogumelos

coleccionismo

comboios

contributos

desporto

dinis ponteira

diogo rolim

direitos humanos

esgotos

exposições

família

fátima

fauna

faustino

feira do gado

feira dos santos

fernando ribeiro

festa do reco

flora

fotografia

galiza

humberto ferreira

incêndio

isaac dias

j.b.césar

joão jacinto

joão madureira

josé arantes

lamartinedias

laura freire

legislação

lixo

luís montalvão

lumbudus

máquinas fotográficas antigas

marco costa

miguel ferrador

montalegre

natureza

notícias

olhares

orçamento participativo

orçamento participativo 2015

outeiro seco

pablo serrano

património

pedro afonso

pitões das júnias

políticos

recortes

regina celia gonçalves

religião

rita gonçalves

romeiro de alcácer

santarém

são sebastião

segirei

sr. luís fernandes

sr.joãojacinto

tiago ferreira

tradições

tupamaro

vamos até

verin

vidago

vítor afonso

todas as tags

Favoritos

Ocasionais

Blogues Amigos




Creative Commons License

AVISO:
A cópia ou utilização das fotografias e textos aqui publicados são expressamente proibidas, independentemente do fim a que se destinam.
Berto Alferes

Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Unported License

Lumbudus

Tradições

Património

Coleccionismo

Fauna

Flora

Aviso




Creative Commons License

AVISO:
A cópia ou utilização das fotografias e textos aqui publicados são expressamente proibidas, independentemente do fim a que se destinam.
Berto Alferes

Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Unported License.

Visitas:

subscrever feeds