Outeiro Seco - AQI...

Tempo Outeiro Seco
Terça-feira, 21 de Agosto de 2012

Mentiras - AQI

 

Quando abrimos a caixa do correio e deparamos com o tão afamado "Boletim Municipal", o primeiro impulso é o de enviá-lo directamente para a reciclagem mais próxima, mas depois, pensando que o mesmo é feito com dinheiro que nos é retirado à força dos nossos bolsos, sempre temos a expectativa de que tenham melhorado o nível cultural, literário e de inteligibilidade dos assuntos relativamente ao anterior.

 

Claro que ao começar a ler, o que encontramos é o habitual corridinho de autoelogios ainda que a maior parte sejam insignificantes, até para seres com notória falta de humildade e, para torná-los mais desgastantes, estão polvilhados com jactos de mentiras, que sobressaem dos textos como se estivessem a três dimensões. Não seria de esperar menos depois de ver o génio que figura na ficha técnica.

 

Mas hoje quero apenas chamar a atenção de uma dessa preciosidades publicada na página 4 do Boletim Municipal de Julho.

 

 

 

Para os menos atentos e os ainda felizmente menos interessados em ocupar os espaços dos Parques Empresariais que já se aperceberam dos vários pesos e medidas aplicados segundo quem seja o dito interessado, está incluída no texto publicidade enganosa que tem vindo a ser divulgada sem quaisquer consequências pelas Entidades responsáveis embora a verdade esteja à vista de todos e a prejudicar gravemente a nossa Aldeia.

 

Senão vejamos, dizem os candidatos a humoristas dos últimos e próximos dois séculos (que já é um título importante, até por serem tão competentes e honestos): "O Parque de Atividades de Chaves e a Plataforma Logística Internacional do Vale do Tâmega....(palha)....(mais palha)...., constituindo-se como um projeto ajustado aos novos imperativos de ordenamento do território e de qualificação ambiental."

 

Gosto da forma como utilizam o tal acordo ortográfico, gosto também do "Internacional do Vale do Tâmega" e, então deliro com "os novos imperativos" não só por dizerem respeito ao "ordenamento do território" (que é óbvio que foi muitíssimo bem ordenado), mas principalmente por serem de "qualificação ambiental". Se não fosse uma coisa séria, era mesmo caso para uma sessão de "risoterapia". Não há dúvida são génios, só que se enganaram - como sempre - na fotografia que ilustra tão interessante texto.

 

E assim sendo vou deixar-lhes aqui algumas que mostram claramente "os novos imperativos de qualificação ambiental" e que por arrasto trazem a excelente localização escolhida.

 

Parabéns pela iniciativa de mentir, tentando ocultar a verdade do que realmente se passa, mas como se diz por estas bandas: "Apanha-se mais rápido um mentiroso, do que uma lesma dos lameiros (que são muitíssimo mais lentas que os caracóis)".

 

Se pretenderem uma das seguintes fotos para republicarem o artigo ou para se retrarem, não se esqueçam de não as roubar. Peçam autorização e paguem os respectivos direitos de autor e, já agora paguem também aquilo que continuam a dever aos meus pais desde 2004, pois estou certo que não se esqueceram.

 

Esgotos que depois de serem lançados nas nascentes, correm a céu aberto pelas linhas de água

 

 

Esgotos na linha de água

 

 

O que os génios chamam de "novos imperativos de qualificação ambiental"

 

 

As árvores que continuam a secar

 

O SEPNA já presenciou no local uma descarga de esgotos, mas mesmo assim nada foi feito.

 

Nota: As fotos não têm qualquer tratamento, mas pelo menos, conseguimos isolar os maus cheiros.

 

 

Publicado por Humberto Ferreira às 00:04

Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Humberto Ferreira . Berto Alferes

Pesquisar neste blog

 

Fevereiro 2020

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29

Posts recentes

Castelo de Monforte de Ri...

Águas Frias

Igreja de Nossa Senhora d...

Boas notícias: CMChaves n...

Geada

Geada

Geada

Bolideira

Pedra da Bolideira

Igreja de Nossa Senhora d...

Terceiro Passo (Via Sacra...

Igreja de São Miguel (Mat...

Capela de Santana (Santa ...

Castelo de Monforte de Ri...

Castelo de Monforte de Ri...

Igreja de Nossa Senhora d...

Tanque

Solar dos Montalvões

Hoje, São Sebastião em Vi...

Dia 20, vamos até ao São ...

Dia 20, vamos até ao São ...

Igreja de São Miguel (Mat...

Igreja de Nossa Senhora d...

Nosso Senhor dos Desampar...

Azeitona

Castelo de Monforte de Ri...

Castelo de Monforte de Ri...

Ex-escolas primárias

Romã

Igreja de Nossa Senhora d...

Arquivos

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

tags

agricultura

águas de chaves

águas frias

aldeias

alturas do barroso

ama

ambiente

amial

amiar

amnistia internacional chaves

ana maria borges

antigamente

antónio souza e silva

ao acaso

aqi

aquanatur

aquavalor

arte digital

auto da paixão

barroso

berto alferes

boticas

camera collector

casa de cultura

cerdeira

chaves

chaves em festa

cidade de chaves

cogumelos

coleccionismo

comboios

contributos

desporto

dinis ponteira

esgotos

estrada nacional 2

exposições

fauna

faustino

feira do gado

feira dos santos

fernando ribeiro

festa comunitária

festa do reco

flora

fotografia

fotografia antiga

friães

galiza

humberto ferreira

j.b.césar

joão jacinto

joão madureira

lamartinedias

laura freire

legislação

lixo

lumbudus

máquinas fotográficas antigas

montalegre

museu de fotografia

n2

natureza

notícias

o poema infinito

old cameras

olhares

orçamento participativo

orçamento participativo 2015

outeiro seco

património

políticos

poluição

poluição em chaves

portugal

rapa das bestas

recortes

religião

rio tâmega

romeiro de alcácer

rota termal e da água

santarém

são sebastião

sarraquinhos

seara

sr. luís fernandes

sr.joãojacinto

suas cabras

telhado

termas de chaves

tiago ferreira

tradições

trás-os-montes

vamos até

verin

vidago

vidago palace hotel

vintage cameras

visit chaves

vítor afonso

todas as tags

Blogues Amigos




Creative Commons License

AVISO:
A cópia ou utilização das fotografias e textos aqui publicados são expressamente proibidas, independentemente do fim a que se destinam.
Berto Alferes

Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Unported License

Lumbudus

Tradições

Património

Coleccionismo

Fauna

Flora

Aviso




Creative Commons License

AVISO:
A cópia ou utilização das fotografias e textos aqui publicados são expressamente proibidas, independentemente do fim a que se destinam.
Berto Alferes

Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Unported License.

subscrever feeds