Outeiro Seco - AQI...

Tempo Outeiro Seco
Domingo, 28 de Outubro de 2012

Informação sobre a não realização de diligências na semana de 29.10 a 02.11

 

Na passada Sexta-feira, em assembleia de Comarca, os Advogados de Chaves deliberaram por unanimidade uma “greve” às diligências marcadas e a marcar para a semana de 29 de Outubro a 2 de Novembro.

 

Tal “greve” destina-se a chamar a atenção da sociedade civil do Alto Tâmega e do governo para a injustiça que vai ser cometida contra as nossas gentes se o projecto-lei da reforma do sistema judiciário vier a ser aprovada.

 

Com efeito, o governo determina o encerramento dos dois tribunais que presentemente existem na nossa cidade – o tribunal de comarca e o tribunal de círculo.

 

Na reforma proposta pelo governo, as competências do tribunal de circulo passam para duas instâncias centrais sediadas, as duas, em Vila Real e o tribunal de comarca passa a ter sede em Vila Real.

 

Para Chaves determina-se a existência apenas de uma instância local para as pequenas causas e para os crimes de menor gravidade. E uma instância central de execução, de escassa relevância face à tramitação das acções executivas por Agente de Execução.

 

Ou seja, tal como já aconteceu com o Hospital (antigamente apelidado de Distrital de Chaves), o governo pretende tornar o interior ainda mais “interior” e, novamente, favorecer Vila Real prejudicando os concelhos anteriormente servidos pelo tribunal de círculo de Chaves (Chaves, Boticas, Montalegre e Valpaços).

 

Assim, a ser aprovado tal projecto-lei, os cidadãos do Alto Tâmega têm que se deslocar a Vila Real para obterem a tutela dos seus direitos nas acções mais importantes (homicídios, roubos, grandes burlas, tutela de direitos sobre coisas de valor superior a 50.000 €, contratos com valores superiores a 50.000 €, acidentes e outras acções de responsabilidade civil em que seja pedida indemnização superior a 50.000 €, etc…).

 

 
Digitalizado a partir de um postal original - Edição de Alberto Alves
Direitos de autor - Fotografia Alves - Rua Direita - Chaves

 

Isto representa um intolerável agravamento das despesas que todos passamos a suportar na administração da justiça, perda de tempo em deslocações, o risco inerente às próprias deslocações, o aumento da resistência das pessoas em colaborarem na administração da justiça como testemunhas, peritos, etc…

 

É uma solução que não tem em conta as próprias estatísticas do Ministério da Justiça que apontam para um volume de processos superior no círculo de Chaves face ao círculo de Vila Real em várias tipologias de acções.

 

E tal solução não tem na sua raiz a poupança de recursos económicos ao país, pois, os recursos humanos mantém-se os mesmos e as instalações são as mesmas, pelo que, presumo, geram as mesmas despesas.

 

Sucede apenas que os dois Juízes de círculo actualmente sediados em Chaves são transferidos para Vila Real!

 

A reforma prevê ainda novas figuras que, com toda a certeza vão ser pagas de acordo com o respectivo estatuto, como é o caso do Presidente do Tribunal, apenas com funções burocráticas e/ou administrativas…, que tem ajudas de custo para se deslocar por toda a nova mega Comarca de Vila Real (só o nome já provoca revolta), enfim… quanto a poupança de recursos está ainda por demonstrar a bondade da solução.

 

Ou seja, a meu ver, a posição que na qualidade de advogados adoptamos na passada Sexta-feira é justa e necessária para alertar as consciências adormecidas dos nossos políticos, empresários e cidadãos em geral, de modo a travarmos quem, sem justificação, pretende alterar o estatuto de cidadania que os habitantes do Alto Tâmega conquistaram a pulso.

 

Praza a Deus que todos nos ouçam e juntem a sua à nossa voz!

 

Fonte:

Nicolau Santos Silva (Advogado)

http://www.scss-advogados.com/CV_NicolauSantosSilva.aspx

 

Publicado por Humberto Ferreira às 00:01

Link do post | Adicionar aos favoritos
De Anónimo a 29 de Outubro de 2012 às 12:22
Chaves ter o Tibunal de circulo assim como o tribunal, foi uma das maiores lutas travadas por dois politicos de Chaves, ambos ja falecidos O ENG. BRANCO TEIXEIRA; E O ADVOGADO COSTA GOMES grandes homes. não é como estes de agora.
Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Humberto Ferreira . Berto Alferes

Pesquisar neste blog

 

Fevereiro 2020

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29

Posts recentes

Castelo de Monforte de Ri...

Águas Frias

Igreja de Nossa Senhora d...

Boas notícias: CMChaves n...

Geada

Geada

Geada

Bolideira

Pedra da Bolideira

Igreja de Nossa Senhora d...

Terceiro Passo (Via Sacra...

Igreja de São Miguel (Mat...

Capela de Santana (Santa ...

Castelo de Monforte de Ri...

Castelo de Monforte de Ri...

Igreja de Nossa Senhora d...

Tanque

Solar dos Montalvões

Hoje, São Sebastião em Vi...

Dia 20, vamos até ao São ...

Dia 20, vamos até ao São ...

Igreja de São Miguel (Mat...

Igreja de Nossa Senhora d...

Nosso Senhor dos Desampar...

Azeitona

Castelo de Monforte de Ri...

Castelo de Monforte de Ri...

Ex-escolas primárias

Romã

Igreja de Nossa Senhora d...

Arquivos

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

tags

agricultura

águas de chaves

águas frias

aldeias

alturas do barroso

ama

ambiente

amial

amiar

amnistia internacional chaves

ana maria borges

antigamente

antónio souza e silva

ao acaso

aqi

aquanatur

aquavalor

arte digital

auto da paixão

barroso

berto alferes

boticas

camera collector

casa de cultura

cerdeira

chaves

chaves em festa

cidade de chaves

cogumelos

coleccionismo

comboios

contributos

desporto

dinis ponteira

esgotos

estrada nacional 2

exposições

fauna

faustino

feira do gado

feira dos santos

fernando ribeiro

festa comunitária

festa do reco

flora

fotografia

fotografia antiga

friães

galiza

humberto ferreira

j.b.césar

joão jacinto

joão madureira

lamartinedias

laura freire

legislação

lixo

lumbudus

máquinas fotográficas antigas

montalegre

museu de fotografia

n2

natureza

notícias

o poema infinito

old cameras

olhares

orçamento participativo

orçamento participativo 2015

outeiro seco

património

políticos

poluição

poluição em chaves

portugal

rapa das bestas

recortes

religião

rio tâmega

romeiro de alcácer

rota termal e da água

santarém

são sebastião

sarraquinhos

seara

sr. luís fernandes

sr.joãojacinto

suas cabras

telhado

termas de chaves

tiago ferreira

tradições

trás-os-montes

vamos até

verin

vidago

vidago palace hotel

vintage cameras

visit chaves

vítor afonso

todas as tags

Blogues Amigos




Creative Commons License

AVISO:
A cópia ou utilização das fotografias e textos aqui publicados são expressamente proibidas, independentemente do fim a que se destinam.
Berto Alferes

Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Unported License

Lumbudus

Tradições

Património

Coleccionismo

Fauna

Flora

Aviso




Creative Commons License

AVISO:
A cópia ou utilização das fotografias e textos aqui publicados são expressamente proibidas, independentemente do fim a que se destinam.
Berto Alferes

Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Unported License.

subscrever feeds