Outeiro Seco - AQI...

Tempo Outeiro Seco
Quinta-feira, 8 de Fevereiro de 2018

"Museu dos Esgotos" em Outeiro Seco - Chaves - Alguém se lembra?

 

Em 11 de Março de 2017, o Diário @tual noticiava que a resolução do problema de poluição provocado pelos esgotos provenientes dos parques emprasariais estaria para breve, uma vez que a obra do sistema intercetor estaria concluído em Junho do mesmo ano. Alguém se lembra?

 

Sistema intercetor do parque empresarial pronto em

Fonte: Diário @tual, 11 de Março de 2017

 

Desde então decorreram 8 meses (mais dia, menos dia) e já há muito constatamos que se tratou de mais uma mentira, a somar às muitas que sobre este assunto se vinham acumulando. Continuo sem entender como é possível que tanto a CMChaves como Junta de Freguesia de Outeiro Seco possam mentir publicamente e ficarem impunes em relação aos crimes que cometem.

 

Como poderão ver mais adiante, tudo está exactamente igual. Os esgotos continuam a ser lançados sem qualquer tratamento para as linhas de água que desaguam no Rio Tâmega, seguindo a já famosissíma "Rota dos Esgotos e da Áuga", muito bem sinalizada para os turístas não se perderem e poderem levar uma recordação inigualável de uma cidade do 3º mundo.

 

19450652_2ipED.jpg

 

Há quem diga que a situação melhorou. Se calhar é verdade, metade das empresas que laboravam nos parques fechou portas e o caudal de água aumentou ligeiramente devido às chuvas. Isto faz com que haja uma menor concentração de esgotos para um maior volume de água. No entanto, se o nível de precipitação se mantiver assim, não tarda teremos o Rio Tâmega a cheirar mal como nos anos anteriores e tal como o Ambiente, o Rio Tâmega é de todos nós e deveria ser defendido e respeitado, tal como a população que dele poderia usufruir.

 

Entendo que o actual executivo da CMChaves queira apostar na promoção turística e atratividade económica (o "turismo" está na moda), no entanto, no meu entender há outras prioridades. Que turísta vai querer vir a Chaves sabendo que o Rio Tâmega está poluído e ainda por cima há mais de 10 anos, sem que nada seja feito? Por outro lado, que empresa, minimamente responsável em relação ao ambiente, vai querer instalar-se no parque empresarial se souber que os efluentes que emitem não são tratados e são lançados para as linhas de água a escassos metros das suas instalações?

 

Jardim Bacalhau vs Esgotos.jpg

 

Também entendo que o mesmo executivo queira repor a situação de determinados "Jardins". Mas será que essas obras são assim tão urgentes comparativamente a necessidade de ter um rio limpo e um ambiente, de uma forma geral, salutar? Atenção, com isto não quero dizer que as obras nesses "Jardins" não sejam necessárias. Quem me conhece sabe que sou totalmente a favor da reposição do Jardim do Bacalhau e do Jardim das Freiras, bem como de pôr a descoberto às termas do Arrabalde e que esses espaços são importantes para a cidade e para o comércio tradicional que sempre defendi e defendo. Mas continuo a considerar que a resolução de um problema grave de poluição que se arrasta há mais de 10 anos é muito mais importante e urgente. De que adianta ter jardins arranjados se ao lado corre um rio nauseabundo?

 

Como podem ver pelas imagens que se seguem a situação é, infelizmente e mais uma vez, a mesma.

 

Ficam o contador actualizado e as imagens mais recentes captadas dia 04022018:

Nº de dias de poluição (desde 20102007) = 3764 dias

Nº de dias de atraso da obra (desde Junho) = 252 dias

 

Para ver mais fotos de mais de 10 anos de poluição diária (desde 20 de Outubro de 2007) siga a ligação: http://outeiroseco-aqi.blogs.sapo.pt/tag/esgotos

 

_DSC3292.JPG

 

_DSC3293.JPG

 

_DSC3294.JPG

 

_DSC3295.JPG

 

_DSC3297.JPG

 

Algumas mentiras do executivo da Junta de Freguesia de Outeiro Seco:

http://outeiroseco-aqi.blogs.sapo.pt/esgotos-em-vale-salgueiro-e-rio-tamega-848937

 

Algumas mentiras do executivo da CMChaves:

"É preciso denunciar. Denunciar é um dever de elementar cidadania" - cabeleira - Fonte: comentário do próprio no Facebook em 18 de Dezembro de 2013;

"Câmara Municipal diz que o problema resultou de avaria na mini-ETAR que já está a ser resolvido" -  cabeleira - Fonte: SIC - Primeiro Jornal de 15 de Novembro de 2015;

"No próximo ano (2016), seguramente, estará construí­do o emissário, e pronto, e o problema desapareceu de vez" - cabeleira - Fonte: Emissão do Portugal em Direto de 24 de Novembro de 2015;

"Sistema Intercetor do parque empresarial pronto em junho". Fonte: Notícia Diário Atual de 11 de Março de 2017;

 "Por Chaves", "não tem piada nenhuma estragar aquilo que é de todos" - cabeleira - Fonte: Notí­cia Diário Atual de 29 de Abril de 2017;

Etc...

 

Publicado por Humberto Ferreira às 00:05

Link do post | Comentar | Ver comentários (1) | Adicionar aos favoritos

Humberto Ferreira . Berto Alferes

Pesquisar neste blog

 

Maio 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
25
26
27
28
29
30
31

Posts recentes

Poluição em Outeiro Seco ...

Natureza

Fotografia - Ao acaso

Outeiro Seco - Igreja de ...

Vamos até Carvalho - Mont...

Vamos até Carvalho - Mont...

AMA - Associação Mãos Ami...

Poluição em Outeiro Seco ...

Se a CMChaves pode poluir...

Natureza

A limpeza da Mina e o lix...

Outeiro Seco no blogue "A...

Obras na Estrada das Anta...

Vamos até Beçós - Montale...

Vamos até Beçós - Montale...

Duas amigas... Duas fotos

Poluição em Outeiro Seco ...

Fotografia - Ao acaso

Hoje este blogue faz 8 an...

Outeiro Seco - Solar dos ...

Vamos até Castanheira da ...

Vamos até Castanheira da ...

Poluição em Outeiro Seco ...

Fotografia - Ao acaso

Outeiro Seco - Nosso Senh...

Vamos até Penedones - Mon...

Vamos até Travassos da Ch...

Poluição em Outeiro Seco ...

Fotografia - Ao acaso

Outeiro Seco - Capela de ...

Arquivos

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

tags

acisat

agricultura

aldeias

ama

ambiente

amnistia internacional chaves

ana maria borges

antigamente

ao acaso

aqi

arte digital

auto da paixão

berto alferes

boticas

casa de cultura

chaves

cogumelos

coleccionismo

comboios

contributos

desporto

dinis ponteira

diogo rolim

direitos humanos

esgotos

exposições

família

fátima

fauna

faustino

feira do gado

feira dos santos

fernando ribeiro

festa do reco

flora

fotografia

galiza

humberto ferreira

incêndio

isaac dias

j.b.césar

joão jacinto

joão madureira

josé arantes

lamartinedias

laura freire

legislação

lixo

luís montalvão

lumbudus

máquinas fotográficas antigas

marco costa

miguel ferrador

montalegre

natureza

notícias

olhares

orçamento participativo

orçamento participativo 2015

outeiro seco

pablo serrano

património

pedro afonso

pitões das júnias

políticos

recortes

regina celia gonçalves

religião

rita gonçalves

romeiro de alcácer

santarém

são sebastião

segirei

sr. luís fernandes

sr.joãojacinto

suas cabras

tiago ferreira

tradições

tupamaro

vamos até

verin

vidago

vítor afonso

todas as tags

Favoritos

Ocasionais

Blogues Amigos




Creative Commons License

AVISO:
A cópia ou utilização das fotografias e textos aqui publicados são expressamente proibidas, independentemente do fim a que se destinam.
Berto Alferes

Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Unported License

Lumbudus

Tradições

Património

Coleccionismo

Fauna

Flora

Aviso




Creative Commons License

AVISO:
A cópia ou utilização das fotografias e textos aqui publicados são expressamente proibidas, independentemente do fim a que se destinam.
Berto Alferes

Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Unported License.

Visitas:

subscrever feeds