Outeiro Seco - AQI...

Tempo Outeiro Seco
Quarta-feira, 20 de Janeiro de 2016

Contributos - Sr. João Jacinto - "O Padre Domingos Pinheiro"

 

Contributos2014.jpg

 

 

Padre Domingos Pinheiro

 

Quando qualquer cidadão ou Outeiro Secano entra na Igreja Matriz de São Miguel de Outeiro Sêco, e segue até à capela-mor, bate de frente com um belíssimo retábulo.

Aí verifica a seguinte frase "Este retábulo mandou pintar o Padre Domingos Pinheiro sendo pároco desta paroquia no ano de 1758".

 

DSC_0464a-Blogue.jpg

 

 

DSC_0465a-Blogue

 

 

Desde miúdo me interroguei, quem seria aquela pessoa, para mandar pintar?

De onde era?

Quem era?

 

O meu pensamento de criança dizia devia ser muito rico. Mas não me esqueci sempre que visito a igreja, recorda-me o Padre Domingos Pinheiro, nunca tive uma resposta das pessoas mais idosas da aldeia. Mas não desanimei, continuei a procurar. Mas como quem procura, algo deve de achar, encontrei.

 

Hoje relato aqui aquilo que encontrei, saciando assim a minha curiosidade.

 

DSC_0451a-Blogue

 

 

Decorria o ano de 1684, no dia 25 de Setembro lá para os lados do Bairro do Eiró, nascia um menino a quem seria dado o nome de Domingos, era mais um filho de um casal abastado de Outeiro Seco.

 

Nesse mesmo mês recebe o batismo das mãos do Padre Sebastião Gonçalves, tendo por padrinhos Pedro Álvares, e sua mulher Isabel Rodrigues.

 

Domingos seria o segundo filho do casal Miguel Sobrinho e Ana Pinheira, teria por avós maternos António Gonçalves e Maria Pinheira, avós pela parte paterna Gaspar Sobrinho e Isabel do Eiró.

 

Domingos cresceu, brincou pelas ruas de Outeiro Seco como todas as crianças da aldeia. Domingos aprendeu as primeiras letras em casa do Padre Sebastião Gonçalves.

 

DSC_0541a-Blogue

 

 

Domingos foi crescendo, o destino tinha já sido destinado pelos pais, ser sacerdote. Ajudava o Padre Sebastião na missa dominical. O Padre Sebastião   comungava da mesma opinião dos pais.

 

Domingos ainda jovem deixa Outeiro Seco, parte com destino à cidade de Braga, na companhia do seu tio Padre André Pinheiro, que era sacerdote em Braga. Matriculado no Seminário de Braga onde passa o resto da sua juventude.

 

Com o tio por perto, Domingos aos 25 anos recebe o celibato, é ordenado padre. Domingos depois da sua ordenação ainda permanece 13 anos em Braga.

 

Domingos com a idade de 38 anos regressa à sua terra natal e em Fevereiro de 1722, é nomeado Padre da Paroquia de São Miguel de Outeiro Seco, sendo depois mais tarde nomeado Reitor Da Paroquia de Outeiro Seco, Sanjurge e Bustelo.

 

DSC_3393a-Blogue

 

 

Domingos homem de grandes conhecimentos, evangelizador, lança mãos à obra e em sua casa funciona a primeira escola onde ele mesmo ensina as primeiras letras sendo assim vários Outeiro Secanos preparados para a vida.

 

Constrói uma nova residência paroquial, manda pintar o retábulo da igreja.

 

Altar Sra Dores Sagrado Coração - 740

 

Já em pleno ano de 1768 em 25 de Setembro Domingos Pinheiro completa 84 anos. Nesse mesmo ano, a 1 de Dezembro, dia de Todos os Santos Padre Domingos deixava Outeiro Seco, e partia para os braços do criador, sendo a sua última vontade ser sepultado na Igreja de São Miguel de Outeiro Seco, junto do Altar da Senhora das Dores, onde repousa.

 

Daqui lançamos um bem-haja, Padre Domingos Pinheiro, pelo que nos deixaste, para hoje te recordarmos.

 

Mas convém lembrar o seguinte, que a sua irmã Maria Sobrinho, daria origem à família Álvares Ferreira. Também o seu pai Miguel Sobrinho era o homem que tinha em seu poder o testamento relativo à capela da Senhora do Rosário, quanto valioso seria hoje esse testamento para desvendar o mistério da capela.

 

João Jacinto

 

Publicado por Humberto Ferreira às 00:05

Link do post | Adicionar aos favoritos
Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Humberto Ferreira . Berto Alferes

Pesquisar neste blog

 

Fevereiro 2020

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29

Posts recentes

Castelo de Monforte de Ri...

Águas Frias

Igreja de Nossa Senhora d...

Boas notícias: CMChaves n...

Geada

Geada

Geada

Bolideira

Pedra da Bolideira

Igreja de Nossa Senhora d...

Terceiro Passo (Via Sacra...

Igreja de São Miguel (Mat...

Capela de Santana (Santa ...

Castelo de Monforte de Ri...

Castelo de Monforte de Ri...

Igreja de Nossa Senhora d...

Tanque

Solar dos Montalvões

Hoje, São Sebastião em Vi...

Dia 20, vamos até ao São ...

Dia 20, vamos até ao São ...

Igreja de São Miguel (Mat...

Igreja de Nossa Senhora d...

Nosso Senhor dos Desampar...

Azeitona

Castelo de Monforte de Ri...

Castelo de Monforte de Ri...

Ex-escolas primárias

Romã

Igreja de Nossa Senhora d...

Arquivos

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

tags

agricultura

águas de chaves

águas frias

aldeias

alturas do barroso

ama

ambiente

amial

amiar

amnistia internacional chaves

ana maria borges

antigamente

antónio souza e silva

ao acaso

aqi

aquanatur

aquavalor

arte digital

auto da paixão

barroso

berto alferes

boticas

camera collector

casa de cultura

cerdeira

chaves

chaves em festa

cidade de chaves

cogumelos

coleccionismo

comboios

contributos

desporto

dinis ponteira

esgotos

estrada nacional 2

exposições

fauna

faustino

feira do gado

feira dos santos

fernando ribeiro

festa comunitária

festa do reco

flora

fotografia

fotografia antiga

friães

galiza

humberto ferreira

j.b.césar

joão jacinto

joão madureira

lamartinedias

laura freire

legislação

lixo

lumbudus

máquinas fotográficas antigas

montalegre

museu de fotografia

n2

natureza

notícias

o poema infinito

old cameras

olhares

orçamento participativo

orçamento participativo 2015

outeiro seco

património

políticos

poluição

poluição em chaves

portugal

rapa das bestas

recortes

religião

rio tâmega

romeiro de alcácer

rota termal e da água

santarém

são sebastião

sarraquinhos

seara

sr. luís fernandes

sr.joãojacinto

suas cabras

telhado

termas de chaves

tiago ferreira

tradições

trás-os-montes

vamos até

verin

vidago

vidago palace hotel

vintage cameras

visit chaves

vítor afonso

todas as tags

Blogues Amigos




Creative Commons License

AVISO:
A cópia ou utilização das fotografias e textos aqui publicados são expressamente proibidas, independentemente do fim a que se destinam.
Berto Alferes

Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Unported License

Lumbudus

Tradições

Património

Coleccionismo

Fauna

Flora

Aviso




Creative Commons License

AVISO:
A cópia ou utilização das fotografias e textos aqui publicados são expressamente proibidas, independentemente do fim a que se destinam.
Berto Alferes

Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Unported License.

subscrever feeds