Outeiro Seco - AQI...

Tempo Outeiro Seco
Sábado, 21 de Março de 2015

Contributos - Sr. Luís Fernandes - “PORTUGAL JÁ NÃO É UMA NAÇÃO!”

 

Contributos2014-LuísFernandes.jpg

 

 

“PORTUGAL JÁ NÃO É UMA NAÇÃO!”

 

 

Em Portugal já não há Portugueses!

 

Há Madeirenses e Açorianos; Beirões, Alentejanos e, parece que, Algarvios.

 

Há Chineses, Ciganos, Monhés e Romenos.

 

Há brasileiras e brasileiros!

 

Portugal já não é uma nação.

 

É uma federação de nações: a nação benfiquista, a nação sportinguista, a nação portista, etc. etc..

 

Desfeitos os Ranchos, desafinado o Vira, do MINHO já nem se fala: a “raça” das lindas mulheres minhotas (ai as de Afife, de Viana e de…!”) foi oferecida, de mão beijada, pelo “vizir de Boliqueime” ao “Califa das Arábias”! O Canário, coitado, bem se agarra à concertina e aos «cavaquinhos», mas pouco adianta: o Cavaco algarvio estraga-lhe as cordas e rouba-lhe os cordões e as arcadas das suas deusas, com que enfeita a Quinta da Coelha!

 

Portugal já não é uma nação!

 

Nem um Estado!

 

É um estado de sítio!

 

É uma emergência meter numa Casa de Correcção a canalhada que está a governar o País!

 

Aníbal, o Cartaginês, foi único.

 

A nós, portugueses, calhou-nos na rifa, para comandar a nação, um «pelintra de Boliqueime», um tal «sr. Silva», que, para melhor nos engrampar até nem usa o nome próprio de modo inteiro, não vá o diabo tecê-las e trazer à memória a sua apaixonada afeição pidesca ao …Rosa Casaco!

 

Aníbal, o António, clone de Judas Iscariote, continua descaradamente a comandar um pelotão de «Benedictos Arnolds».

 

É uma emergência «aquecer o lombo», «apertar o papo», «cobrir com alcatrão e penas» a cambada de salafrários que, “traidoramente”, têm estado a envenenar a vida dos Portugueses!

 

Os democratas, do cristianismo e do socialismo, em nome do deus dinheiro e da deusa ganância, aproveitaram para «encher a mula», tirar a barriga de misérias, garantir logo na «puberdade polítiqueira» uma choruda Reforma ou vitalícia pensão, ficarem bem governados até «ao quinto caral…», quer dizer, «geração», e decretaram que os agricultores portugueses «deixassem as terras a monte» e os campos de poulo; os incêndios lambessem as florestas; os pescadores engolidos pelas ondas e marés; os idosos que morressem «depressa e aos molhos; os doentes que não «chateiem» os ministros da Saúde; os Trabalhadores que fiquem parados; os Jovens que se ponham na alheta, e a milhas, muitas milhas, para além da fronteira de Soutelinho da Raia, de Segirei ou de Vilar Formoso; a Cultura que não passe além do nível e do gosto que por ela têm; o Ensino que seja um campo de treino para alienar alunos, professores e pais; a Ciência e a Investigação fossem excomungadas; mas santificadas as «escutas telefónicas» e sagradas as «fugas de informação» das alcovas da Justiça!

 

Tão patriotas, tão patriotas   - os democratas, do cristianismo e do socialismo   -   içam a bandeira de pernas para o ar, não sabem as estrofes do Hino Nacional nem quantos Cantos compõem “Os Lusíadas”, acabam com a celebração nacional e popular do Dia da Restauração da Independência Nacional e do Dia da Implantação da República!

 

Vá-se lá agora entender a «ética republicana» de uns, democratas do socialismo, e o que entendem por Independência Nacional os «irrevogáveis» democratas do cristianismo, para além da sua independência económico-financeira!

 

Têm vergonha da Língua Portuguesa: substituem-na pelo novo «lulês-dilmês», atrapalhado com palavras rafeiras de «inglês»!

 

Convencidos de que são mais artistas do que os do “Cirque du Soleil” ou os do “Circo Imperial da China”, eles que a arremedo chegam aos artistas do “Circo Mariani”, do “Cardinali” ou do “Chen”   -   montaram tenda e arraiais em Belém e S. Bento, de Lisboa, e lá praticam todas as pantominas e velhacas patifarias que lhes dá na real gana, contra os Portugueses!

 

Dos Minhotos não se fala!

 

E os Transmontanos estão em vias de extinção! - Tal como o«burro mirandês», o porco «bísaro», a galinha «pedrês», a ovelha «churra», a vitela «barrosã» e «maronesa»   -   inda vai havendo uns bois e umas vacas mirandesas!   -   a truta do Beça, do Tuela ou da Aguieira; o escalo, a boga, a lontra, o lince e o gaio; a batata de «Travancas», os grelos da «Gaiteira», os melões de casca –de-carvalho, o presunto de «Chaves»; e a «pinga dos mortos», de BOTICAS!

 

Em Portugal, até em TRÁS-OS-MONTES esta á a desaparecer a palavra e a honra!

 

Os transmontanos convertidos (ou disfarçados) em democratas do cristianismo e do socialismo, mal se apanharam nomeados cónegos ou monsenhores das suas seitas e «lojas» politiconeiras logo se transformaram em renegados e grandes estupores!

 

E as cagarras, qualquer dia, nascem espanholas!

 

M., 21 de Fevereiro de 2015

Luís Henrique Fernandes

 

Publicado por Humberto Ferreira às 00:05

Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
3 comentários:
De Kruzes Kanhoto a 21 de Março de 2015 às 00:39
Portugal é um lugar mal frequentado!
De vasco sobreira garcia a 22 de Março de 2015 às 23:14
sr. luis concordo com a que aqui escreveu realmente os politicos portugueses são uma vergonha pelo menos para mim
falar d siva e deixar de falar dos dois canceres ss sampaio e soares esse sim pra mim o pior de todos e defensor do rato que está em évora
hoje não devo deixar de comentar os resultados das eleições regionais em frança fiquei muito contente esse tal hollande ia fazer e acontecer
e fez tomou um cacete que deve estar com os cornos inchados e por aqui me fico abraço
De riolivre a 25 de Março de 2015 às 16:21
Sempre assertivo e certeiro meu bom amigo.
Permita-me que subscreva tudo o que a sua alma deixou passar para este magnífico espaço que, outro bom amigo,lhe disponibilizou.
Um grande abraço aos dois: Luís Fernandes e Berto.

Comentar post

Humberto Ferreira . Berto Alferes

Pesquisar neste blog

 

Fevereiro 2020

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29

Posts recentes

Castelo de Monforte de Ri...

Águas Frias

Igreja de Nossa Senhora d...

Boas notícias: CMChaves n...

Geada

Geada

Geada

Bolideira

Pedra da Bolideira

Igreja de Nossa Senhora d...

Terceiro Passo (Via Sacra...

Igreja de São Miguel (Mat...

Capela de Santana (Santa ...

Castelo de Monforte de Ri...

Castelo de Monforte de Ri...

Igreja de Nossa Senhora d...

Tanque

Solar dos Montalvões

Hoje, São Sebastião em Vi...

Dia 20, vamos até ao São ...

Dia 20, vamos até ao São ...

Igreja de São Miguel (Mat...

Igreja de Nossa Senhora d...

Nosso Senhor dos Desampar...

Azeitona

Castelo de Monforte de Ri...

Castelo de Monforte de Ri...

Ex-escolas primárias

Romã

Igreja de Nossa Senhora d...

Arquivos

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

tags

agricultura

águas de chaves

águas frias

aldeias

alturas do barroso

ama

ambiente

amial

amiar

amnistia internacional chaves

ana maria borges

antigamente

antónio souza e silva

ao acaso

aqi

aquanatur

aquavalor

arte digital

auto da paixão

barroso

berto alferes

boticas

camera collector

casa de cultura

cerdeira

chaves

chaves em festa

cidade de chaves

cogumelos

coleccionismo

comboios

contributos

desporto

dinis ponteira

esgotos

estrada nacional 2

exposições

fauna

faustino

feira do gado

feira dos santos

fernando ribeiro

festa comunitária

festa do reco

flora

fotografia

fotografia antiga

friães

galiza

humberto ferreira

j.b.césar

joão jacinto

joão madureira

lamartinedias

laura freire

legislação

lixo

lumbudus

máquinas fotográficas antigas

montalegre

museu de fotografia

n2

natureza

notícias

o poema infinito

old cameras

olhares

orçamento participativo

orçamento participativo 2015

outeiro seco

património

políticos

poluição

poluição em chaves

portugal

rapa das bestas

recortes

religião

rio tâmega

romeiro de alcácer

rota termal e da água

santarém

são sebastião

sarraquinhos

seara

sr. luís fernandes

sr.joãojacinto

suas cabras

telhado

termas de chaves

tiago ferreira

tradições

trás-os-montes

vamos até

verin

vidago

vidago palace hotel

vintage cameras

visit chaves

vítor afonso

todas as tags

Blogues Amigos




Creative Commons License

AVISO:
A cópia ou utilização das fotografias e textos aqui publicados são expressamente proibidas, independentemente do fim a que se destinam.
Berto Alferes

Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Unported License

Lumbudus

Tradições

Património

Coleccionismo

Fauna

Flora

Aviso




Creative Commons License

AVISO:
A cópia ou utilização das fotografias e textos aqui publicados são expressamente proibidas, independentemente do fim a que se destinam.
Berto Alferes

Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Unported License.

subscrever feeds